Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
NEGOCIAÇÕES

Governo se diz aberto ao diálogo, mas não vai aumentar imposto por reajuste

28 maio 2015 - 18h08

Em entrevista à imprensa, o governador Reinaldo Azambuja explicou, nesta quinta-feira (28), que o Poder Executivo permanece aberto ao diálogo com as diversas categorias de servidores, mas que precisa ter responsabilidade e respeitar o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Para os Estados, os limites máximos para gastos com pessoal é de 60% da Receita Corrente Líquida. Mato Grosso do Sul já opera muito próximo desse limite, com gasto de 58,4% com pessoal.

Reinaldo explicou que a única forma de dar um segundo reajuste para os servidores, em um momento de crise, seria aumentando impostos, mas ele descartou essa possibilidade por entender que a população e os empresários já arcam com uma elevada carga tributária. “Um dos pontos é gasto com pessoal. Qual é o teto? 60%. Mato Grosso do Sul já atingiu 58,4%. Então, não temos limite para ampliar os gastos com pessoal neste momento. Para fazer isso precisamos ter aumento de receita. Aumento de receita em um momento de baixo crescimento e recessão só se aumentar impostos e isso é uma tônica que não concordamos, tanto que vamos diminuir tributos, o ICMS do diesel, para ter competitividade”, explicou o chefe do Executivo.

O governador disse também acreditar que a situação poderá ser resolvida no diálogo. “Não vamos deixar de discutir com nenhuma categoria as especificidades, agora tem questões que impõem responsabilidades imensas. A economia brasileira vive uma retração e isso impacta as finanças dos estados, diminui as atividades econômicas e diminui os tributos. Nós administramos Mato Grosso do Sul no 1º trimestre com 10% a menos de receita e com aumento de despesas, realmente muito grandes, principalmente com pessoal”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Carreta é apreendida transportando mais de 40 mil pacotes de cigarros
PANDEMIA
Douradense morre em hospital e município contabiliza 93 óbitos por coronavírus
MEIO AMBIENTE
Veterinários do CRAS já trataram 17 animais vítimas das queimadas em MS
BRASIL
Bolsonaro continua apresentando ótima evolução clínica
FUTEBOL
Águia Negra encara Real Noroeste em busca da primeira vitória na Série D
MARACAJU
Mulher é presa por tráfico na frente de filha de 3 anos e bebê
DOURADOS
Guarda cumpre mandado e prende ‘Maldita’ durante festa na Cachoeirinha
BRASIL
Agências da Caixa não abrem neste sábado
CAPITAL
Jovem morre após colidir moto contra árvore em avenida
FUTEBOL
Três jogos dão continuidade à 12ª rodada do Brasileirão neste sábado

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão