quarta, 08 de dezembro de 2021
Dourados
35°max
21°min
Campo Grande
32°max
22°min
Três Lagoas
35°max
20°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
PROCOOP

Governo publica Decreto e institui programa para desenvolver e fortalecer o cooperativismo em MS

30 novembro 2020 - 19h50Por Da Redação

Publicado na edição desta segunda feira (30) do Diário Oficial do Estado o Decreto nº 15.555, que institui o Procoop (Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em Mato Grosso do Sul, a ser executado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar com o objetivo de “fomentar um ambiente favorável ao desenvolvimento e ao fortalecimento das cooperativas no território sul-mato-grossense”. Assinam o decreto o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, a publicação do Decreto instituindo o Procoop “transforma o programa, efetivamente, em uma política de fortalecimento e fomento ao corporativismo em Mato Grosso do Sul. As linhas gerais já estavam em vigor deste 2016, mas sob o formato de Resolução da Semagro. O programa ganha força com sua instituição por meio do Decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja. Estamos falando de um setor responsável por 10% do PIB estadual”.

O titular da Semagro lembra que o fomento ao cooperativismo, desde o início da atual gestão do Governo do Estado, foi adotado como uma das linhas estratégicas para a atração de novos investimentos e geração de emprego e renda para a população sul-mato-grossense. “Foi assim com a atração dos investimentos da Coamo, da Coasgo, da CooperAlfa, da Copasul, da Cooplaf e o recente investimento da Cooperativa Lar em uma indústria de biodiesel em Caarapó. Além disso, atendemos a algumas demandas do setor, como a inclusão dessas entidades no conselho da Junta Comercial e os incentivos fiscais às cooperativas de eletrificação rural no Estado”, afirmou.

Por fim, o secretário lembrou das operações do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) feitas junto às cooperativas de crédito habilitadas em Mato Grosso do Sul, que já chegam a R$ 53,22 milhões. “Essa foi uma conquista do Governo do Estado, que defendeu no Condel a alocação de 10% dos recursos do Fundo para as cooperativas de crédito. Houve uma demora na regulamentação para essas operações e também tivemos a questão da pandemia, mas ter acesso ao FCO por meio das cooperativas já é uma realidade”, finalizou Jaime Verruck.

De acordo com Celso Regis, presidente da OCB-MS, o trabalho realizado pelo Governo do Estado na implantação do Procoop “tem sido muito importante para esse desenvolvimento. Em Caarapó, há poucos dias, inauguramos o complexo industrial de uma cooperativa que é fruto da ação do governo, através da Semagro”.

O presidente da OCB-MS acrescentou que é fundamental “incentivar o cooperativismo e quanto mais fortalecermos o programa em nosso Estado, mais teremos sucesso e iremos ampliar o número de cooperados. O Decreto deve facilitar que as cooperativas tenham mais acesso aos programas de governo e incentivar a capacitação e investimentos”.

Sobre o Procoop

Entre os objetivos do Procoop estão: estabelecer estratégias para o desenvolvimento da cultura cooperativista em Mato Grosso do Sul, alinhado às ações governamentais; estimular a forma cooperativa de organização social, econômica e cultural nos diversos ramos de atuação, com base nos princípios gerais do associativismo, cooperativismo e na legislação vigente e ampliar a competitividade e a sustentabilidade das cooperativas do Estado.

De acordo com o Decreto, para implementar o Procoop, o Governo do Estado deverá desenvolver programas e projetos setoriais destinados ao fomento econômico, à agregação de valor à produção das cooperativas, à implementação de tecnologia e de inovação a novos empreendimentos; oferecer mecanismos econômicos, tais como, assistência técnica e extensão rural, adequação sanitária e ambiental e crédito financeiro, tributário e fiscal.

Também deve desenvolver ações e projetos voltados a oferecer educação-base, formação e capacitação profissional aos cooperados; celebrar convênios, termos de cooperação e outros instrumentos para apoiar as intercooperações, concessões e as autorizações e oferecer acessos diferenciados aos empreendimentos cooperativos às políticas públicas nas áreas de educação, meio ambiente, mercado, assistência técnica, em nível federal, estadual e municipal.

Atualmente, existem em Mato Grosso do Sul 107 cooperativas registradas no Sistema OCB/MS. Juntas, elas reúnem aproximadamente 200 mil cooperados e empregam mais de sete mil pessoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMUNIZAÇÃO

Pfizer diz que proteção contra Ômicron necessita de três doses

ARAL MOREIRA

Investigado por violência doméstica contra a mãe é preso em flagrante

Tamanduá é capturado em feira no centro da cidade
CAPITAL

Tamanduá é capturado em feira no centro da cidade

OPORTUNIDADE

Agência abre 200 vagas de estágio na capital

MS

Governo estuda ampliar o Mais Social em 50% e permitir a compra de gás

BRASIL

Setor cultural ocupava, em 2020, 4,8 milhões de pessoas

TRÁFICO

Três toneladas de drogas são incineradas em Eldorado

CERIMÔNIA

28º Batalhão Logístico tem novo comando em Dourados

VIOLÊNCIA

Homem mata a mãe e esfaqueia irmão na capital

PANDEMIA

MS registra 2 novos óbitos e outros 34 casos de covid

Mais Lidas

OPERAÇÃO GEMINUS

Dono de transportadora de Dourados é preso em Operação que investiga tráfico de cocaína

REGIÃO

Douradense se afoga em balneário de Fátima do Sul

RIO DOURADOS

Bombeiros localizam corpo de douradense que se afogou em Fátima do Sul

OPERAÇÃO GEMINUS

PF cumpre 11 mandados em Dourados contra esquema de tráfico internacional de drogas