Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Governo amplia prazo de benefício fiscal para indústria de erva-mate e preserva empregos em MS

10 setembro 2020 - 11h57Por Da Redação

Governo do Estado aprimora a legislação que instituiu benefícios fiscais aos estabelecimentos industrializadores de erva-mate localizados em Mato Grosso do Sul e permite ao setor a manutenção dos empregos locais e geração de renda, ao mesmo tempo em que favorece a ampliação da base de produção da planta no Estado. Decreto publicado pelo Governo do Estado no Diário Oficial de 8 de setembro de 2020. 

As alterações estão no Decreto nº 15.511, publicado no Diário Oficial do Estado, de 8 de setembro de 2020. O decreto “Altera o art. 71 do Anexo I - Dos Benefi?cios Fiscais, e acrescenta os §§ 1o e 2o ao art. 6o-A do Anexo II - Do Diferimento do Lanc?amento e do Pagamento do Imposto, ao Regulamento do ICMS” e foram realizadas pelo Governo do Estado, por meio da Sefaz (Secretaria de Fazenda) em atendimento à demanda recebida pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

De acordo com Bruno Gouvea Bastos, superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Semagro, “os estabelecimentos industrializadores de erva-mate localizados em Mato Grosso do Sul têm crédito presumido de 90% sobre o ICMS incidente nas operações. Esse benefício vigora até 31 de dezembro de 2028 e só incide se a erva-mate for produzida em nosso Estado”. No entanto, a produção sul-mato-grossense de erva-mate, hoje, é pequena, sendo que 84,25% da erva que vai para a industrialização são provenientes de outros Estados.

“Para essa erva-mate industrializada em Mato Grosso do Sul, mas que foi adquirida de outros Estados ou do exterior, seja em folha verde ou cancheada, o benefício vigorava até 31 de dezembro de 2020. Com a publicação do decreto, houve a prorrogação do prazo para 31 de dezembro de 2025”, informa Bruno Bastos.

Na avaliação do secretário Jaime Verruck, da Semagro “essa medida é fundamental, pois confere mais tempo para a produção de erva-mate se intensificar no Estado. Ao mesmo tempo, beneficia, até 2025, as indústrias locais, mesmo que a produção da folha verde ou cancheada seja realizada em outro Estado ou no exterior, permitindo a manutenção dos empregos locais e geração de renda nesse momento crítico decorrente da crise sanitária provocada pela Covid-19”.

Sobre a erva-mate em MS

De acordo com pesquisa da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), das 18 indústrias em funcionamento no Estado, apenas uma delas consegue empacotar matéria-prima somente com a produção local de erva-mate. O restante, importa a erva de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para atender a um terço das indústrias locais, ainda segundo a pesquisa, seriam necessárias quase 10 mil toneladas de folha verde. Para obter esse volume, a produção precisaria de área de 2.037 hectares, enquanto que, atualmente, a produção é limitada a 268 hectares. Há dez anos, eram 588 hectares.

Os municípios com maior produção no Estado são Aral Moreira (600 toneladas), Ponta Porã (420 toneladas), Amambai (240 toneladas), Tacuru (50 toneladas) e Antônio João (50 toneladas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trabalho remoto foi mais recorrente para quem tinha curso superior
PANDEMIA
Trabalho remoto foi mais recorrente para quem tinha curso superior
Rebeca é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica
ESPORTE
Rebeca é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica
União deve fornecer medicamento à portadora de doença no sistema sanguíneo
BRASIL
União deve fornecer medicamento à portadora de doença no sistema sanguíneo
Cemitérios municipais só podem receber limpezas particulares até a véspera de Finados
DOURADOS
Cemitérios municipais só podem receber limpezas particulares até a véspera de Finados
Pesquisadores confirmam presença de onça parda na zona oeste do Rio
SUÇUARANA
Pesquisadores confirmam presença de onça parda na zona oeste do Rio
CAPITAL
Horta social custeada pelo TJMS venderá sua produção para grande rede varejista
MS
Justiça Federal autoriza afastamento e pagamento de salário-maternidade a gestantes na pandemia
DOURADOS
Prefeito anuncia equipes de prontidão após alerta de tempestade
REGIÃO
Jovem é encaminhado para delegacia ao ser flagrado com porção de maconha
JUDICIÁRIO
Ao final de inspeção, CNJ destaca a continuidade dos bons resultados do TJMS

Mais Lidas

TRÁFICO
Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados
PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia