Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99257-3397

Golpistas que teriam contratado andarilho para sacar empréstimo são presas

04 agosto 2021 - 20h05Por Da Redação

Além do homem de 54 anos, detido em flagrante usando documento falso em uma agência de empréstimo consignado no centro de Campo Grande, duas mulheres de 24 e 27 anos também foram presas. Elas seriam as mentoras do crime e vários documentos e cartões em nome de outras pessoas foram encontrados com a dupla.

Conforme apurado pelo site Midiamax, o homem de 54 anos contou que é andarilho e que conhecia uma das mulheres. Há aproximadamente duas semanas, ela o teria procurado, oferecendo o ‘serviço’ para que ele se passasse por outra pessoa. Para isso, as suspeitas teriam dado roupas novas e sapatos para o acusado.

Assim, ele só precisou tirar a foto, usada no documento falso, e deveria sacar o empréstimo de R$ 9 mil. Para isso, ele receberia R$ 200. Logo após ser preso em flagrante na agência, ele revelou que tinha sido contratado pelas duas mulheres e que as encontraria na região central para entregar o dinheiro.

Ele foi ao encontro da dupla, que estava dentro de um carro, e a motorista ainda tentou fugir, mas equipe policial fez a prisão em flagrante. Em depoimento, a mulher de 24 anos negou participação em crime e disse que apenas foi dar carona para o homem de 54 anos, que seria tio da amiga dela, de 27 anos.

Já a mulher de 27 anos não quis prestar depoimento. A defesa dela entrou com pedido de liberdade e alegou que ela não teve participação no crime. O caso foi registrado pela Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações) como associação criminosa, uso de documento falso e tentativa de estelionato.

Prisão na agência

Segundo informações do registro policial, na segunda-feira (2), o homem entrou em contato pelo WhatsApp solicitando análise de crédito. Ele encaminhou a fotografia de um RG, em nome de outra pessoa, expedido em outubro de 2020. Após a análise de crédito, a empresa informou que ele poderia contratar empréstimo de R$ 9 mil.

No entanto, para saque em dinheiro, o cliente deveria ir até a empresa para assinar o contrato. Nesta terça-feira, equipe da empresa buscou no sistema da Justiça Eleitoral e verificou que a foto do documento apresentado não condizia com a cadastrada no sistema. Assim, a dona da empresa contatou o policial aposentado.

Por volta das 15h30, o cliente foi até a empresa e o policial fez a prisão em flagrante. Ele foi encaminhado para a Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações) e autuado pelos dois crimes. Outros documentos falsos também foram apreendidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A vida boa de ser vivida - e que está ao alcance de todos!
ARTIGO
A vida boa de ser vivida - e que está ao alcance de todos!
Lojas de veículos são alvos de disparos de arma de fogo na fronteira
PONTA PORÃ
Lojas de veículos são alvos de disparos de arma de fogo na fronteira
Acidente envolvendo três carretas deixa motorista ferido e veículo tombado em MS
RIO VERDE
Acidente envolvendo três carretas deixa motorista ferido e veículo tombado em MS
LOTERIA
Mega-Sena pode sortear R$ 7 milhões neste sábado
Douradenses participam da final da 'Batalha de Bandas' de MS neste sábado
NA CAPITAL 
Douradenses participam da final da 'Batalha de Bandas' de MS neste sábado
FRONTEIRA
Motorista acaba preso com postes de concreto 'recheados' com maconha
LEGISLATIVO DE MS
Deputado quer proibir exigência de passaporte sanitário em MS
REGIÃO 
Jovem é flagrado em rodoviária com 11 tabletes de maconha
RODOVIA ESTADUAL 
Após tentativa de fuga, três são presos com mais de duas toneladas de maconha
DOURADOS/ITAPORÃ
Mara Piccinelle é escolhida vice na chapa com Beto Teixeira para 4ª subseção da OAB

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
RACISMO
Em SP, DJ Alok recorda exclusão de integrantes do 'Brô MCs' durante show em Dourados 
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
DOURADOS
Júri condena jovem que matou amiga com tiro na nuca e alegou 'acidente'