Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
É LEI EM MS

Gestante pode remarcar teste físico em concurso público

02 janeiro 2020 - 18h50Por Da Redação

Em Mato Grosso do Sul foi regulamentada a realização de testes de aptidão física por candidata gestante em concurso público. A publicação da Lei 5.444 garante o direito de remarcação da prova física, em prazo de um ano do término da gravidez.

Para efeitos da nova lei serão irrelevantes: a data da gravidez, se prévia ou posterior à data de inscrição no concurso; o tempo de gravidez; a condição física e clínica da candidata; a natureza do exame físico, o grau de esforço e o local de realização dos testes.

A candidata que desejar a remarcação deverá comprovar documentalmente o estado de gravidez, por declaração de profissional médico ou clínica competente e exame laboratorial.

O dia, local e o horário da prova física serão determinados pela banca realizadora do concurso público, sendo resguardado o direito de adiamento por até um ano, contado a partir do término da gravidez.

O prazo não se aplica aos concursos públicos que, por lei específica, já concedam à candidata períodos maiores ou iguais a remarcação do teste de aptidão física. A nomeação e o início do exercício da candidata ficam condicionados à realização da prova física e à subsequente aprovação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Homem morre no HV após ser encontrado caído ao lado de moto
AVIAÇÃO CIVIL
Voos comerciais retornam neste domingo a Dourados
DOURADOS
Com decreto ainda em vigência, comércio abre as 9h neste sábado e shopping fecha amanhã
SAÚDE & BEM - ESTAR
Quando ir ao médico? Descubra a frequência de acordo com a sua idade
TV DOURADOS NEWS
UFGD prepara volta remota das aulas no início de agosto
FUTEBOL
Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro
CAMPO GRANDE
Polícia encontra mais de 100kg de drogas em residência
CASSEMS
Veja quem pode e como realizar testes rápido e molecular para detecção de Covid-19
REGIÃO
PMA apreende petrechos ilegais de pesca no rio Miranda
BRASIL
Mourão: empresários pedem definição de metas para a Amazônia

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências