Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Exportações estaduais somam R$ 20 bilhões em 2019, com crescimento da celulose e milho

08 janeiro 2020 - 11h56Por Da Redação

Mato Grosso do Sul terminou 2019 com R$ 20,5 bilhões em produtos exportados e consolidando a celulose, soja, carne bovina e milho como os principais produtos enviados ao mercado externo. Os dados são do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, compilados na Carta de Conjuntura elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

A celulose foi responsável por 37% das exportações sul-mato-grossenses e em 2019 aumentou em 4,3% a venda externa, fruto do investimento em indústrias em Três Lagoas e ressaltando a importância da cadeia produtiva das florestas.  Enquanto que a soja, representando 21,6% da pauta estadual externa, viu os negócios com outros países caírem 41,3% em 2019.

Titular da Semagro, o secretário Jaime Verruck explica que no ano passado aumentou o esmagamento de soja no mercado interno e a tendência é que as exportações continuem diminuindo em 2020. “A atividade de novas indústrias neste ano vai aumentar o processamento de soja internamente, como a Coamo em Dourados, e isso é positivo, pois a operação dentro do Estado gera impostos e agrega valor à cadeia”.

O destaque das exportações sul-mato-grossense em 2019 fica com o milho, que aumentou em 409%, resultado de uma safra recorde e de uma política estadual de incentivo à logística. Mas, de acordo com o secretário, a tendência é aumentar o consumo interno nos próximos anos, com expansão da avicultura e suinocultura.

“Os números mostram que o foco necessário para o Estado está na agregação de valor para exportação. É a linha que queremos adotar. Processar mais as matérias primas internas para que elas possam sair semielaboradas ou elaboradas, como é a celulose. Nas carnes tornar o MS livre de febre aftosa para que a gente conquiste novos mercados, inclusive com a suinocultura”, destaca o titular da Semagro.

Apesar da queda de 21% em 2019, devido a redução na importação de soja, a China continua sendo o principal destino das exportações de Mato Grosso do Sul, com 41% do mercado. Japão e Estados Unidos aumentaram consideravelmente a compra em 2019, com aumento de 290% e 64%, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Carga com 450 pacotes de cigarros paraguaios é apreendida em distrito
CONTRABANDO
Carga com 450 pacotes de cigarros paraguaios é apreendida em distrito
Atividade agrícola deixa parte do rio Formoso em Bonito com cor vermelha
MULTA DE R$ 124 MIL
Atividade agrícola deixa parte do rio Formoso em Bonito com cor vermelha
A um mês do Natal, comércio aguarda resposta da prefeitura sobre horário estendido
DOURADOS
A um mês do Natal, comércio aguarda resposta da prefeitura sobre horário estendido
'Calorão' em Dourados terá máximas de 37°C até o final de semana
SEM CHUVA
'Calorão' em Dourados terá máximas de 37°C até o final de semana
Política de atenção à saúde mental das vítimas da Covid-19 pode ser instituída em MS
PANDEMIA
Política de atenção à saúde mental das vítimas da Covid-19 pode ser instituída em MS
FUTEBOL
São Paulo e Corinthians entram em campo nesta quarta pelo Brasileirão
APRECIAÇÃO PARLAMENTAR
Executivo encaminha proposta para reduzir taxa de transferência de veículo pelo Renave
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Homem leva facadas em briga de bar e polícia prende suspeitos
ECONOMIA
Pandemia provoca redução de investimentos estrangeiros no Brasil
GESTO DE AMOR
Doar sangue salva vidas: conheça 7 mitos e verdades que você precisa saber

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia