Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Exportações estaduais somam R$ 20 bilhões em 2019, com crescimento da celulose e milho

08 janeiro 2020 - 11h56Por Da Redação

Mato Grosso do Sul terminou 2019 com R$ 20,5 bilhões em produtos exportados e consolidando a celulose, soja, carne bovina e milho como os principais produtos enviados ao mercado externo. Os dados são do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, compilados na Carta de Conjuntura elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

A celulose foi responsável por 37% das exportações sul-mato-grossenses e em 2019 aumentou em 4,3% a venda externa, fruto do investimento em indústrias em Três Lagoas e ressaltando a importância da cadeia produtiva das florestas.  Enquanto que a soja, representando 21,6% da pauta estadual externa, viu os negócios com outros países caírem 41,3% em 2019.

Titular da Semagro, o secretário Jaime Verruck explica que no ano passado aumentou o esmagamento de soja no mercado interno e a tendência é que as exportações continuem diminuindo em 2020. “A atividade de novas indústrias neste ano vai aumentar o processamento de soja internamente, como a Coamo em Dourados, e isso é positivo, pois a operação dentro do Estado gera impostos e agrega valor à cadeia”.

O destaque das exportações sul-mato-grossense em 2019 fica com o milho, que aumentou em 409%, resultado de uma safra recorde e de uma política estadual de incentivo à logística. Mas, de acordo com o secretário, a tendência é aumentar o consumo interno nos próximos anos, com expansão da avicultura e suinocultura.

“Os números mostram que o foco necessário para o Estado está na agregação de valor para exportação. É a linha que queremos adotar. Processar mais as matérias primas internas para que elas possam sair semielaboradas ou elaboradas, como é a celulose. Nas carnes tornar o MS livre de febre aftosa para que a gente conquiste novos mercados, inclusive com a suinocultura”, destaca o titular da Semagro.

Apesar da queda de 21% em 2019, devido a redução na importação de soja, a China continua sendo o principal destino das exportações de Mato Grosso do Sul, com 41% do mercado. Japão e Estados Unidos aumentaram consideravelmente a compra em 2019, com aumento de 290% e 64%, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
BRASIL
Governo ainda estuda recriar Ministério da Segurança, diz Mendonça
CRIME AMBIENTAL
PMA desmonta acampamento de pescadores e apreende petrechos ilegais
PANDEMIA
Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
ELEIÇÕES
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
BRASIL
CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação
REGIÃO
Corpo é encontrado no Rio Paraguai
DOURADOS
Entardecer faz temperatura cair 5°C em pouco mais de uma hora
PANDEMIA
Entre as 10 com mais casos de coronavírus em MS, cidade retomará aulas presenciais

Mais Lidas

PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai