Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ESTADO

Exportação de industrializados já ultrapassa US$ 2,17 bilhões

18 agosto 2014 - 09h35

As exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul apresentaram, de janeiro a julho deste ano, crescimento de 6,2% e a receita superou US$ 2,17 bilhões contra US$ 2,04 bilhões no mesmo período do ano passado, ou seja, o setor já responde por 65% da receita total de tudo que é exportado pelo Estado, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, de janeiro a julho de 2014 as maiores evoluções ocorreram, principalmente, nos grupos “Complexo Frigorífico”, “Papel e Celulose” e “Extrativo Mineral”. Ele explica que, apenas em julho, as vendas externas de produtos industriais totalizaram US$ 356,7 milhões, crescimento nominal de 0,64% em relação ao mesmo mês de 2013, quando o valor foi de US$ 354,4 milhões.

“Quanto à participação relativa, no mês, as vendas externas de industrializados atingiram a marca de 72% de tudo o que foi exportado por Mato Grosso do Sul. “Com receita de US$ 356,7 milhões, julho de 2014 registrou o melhor resultado já alcançado para o mês e o quarto melhor resultado em toda a série histórica da exportação de produtos industriais de Mato Grosso do Sul, ficando atrás somente dos meses de junho e maio de 2014 e setembro de 2011, que alcançaram US$ 385, US$ 367,4 e US$ 366 milhões, respectivamente”, detalhou Ezequiel Resende.

Quando comparado com os resultados de igual mês, ao longo da série, o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems ressalta que de janeiro de 2010 até agora foram registradas 46 quebras de recorde nas receitas de exportação, o que equivale a dizer que o recorde para o mês, ao longo desse período, foi quebrado em 83,6% das vezes.

Detalhamento

Nos sete primeiros meses deste ano, os principais destaques ficaram por conta do “Complexo Frigorífico”, “Papel e Celulose” e “Extrativo Mineral”. No “Complexo Frigorífico”, a receita de exportação, de janeiro a julho de 2014, alcançou o equivalente a US$ 711,1 milhões, crescimento nominal de 18,6% em relação ao mesmo período de 2013, quando as vendas foram de US$ 599,7 milhões.

Quanto aos produtos exportados o destaque ficou por conta das carnes desossadas e congeladas de bovinos e pedaços e miudezas comestíveis congelados de frango, que, somados, totalizaram US$ 536,5 milhões ou 75,5% da receita do grupo, tendo como principais compradores Rússia, Hong Kong, Arábia Saudita, Japão, Venezuela, Chile e China.

Em relação às exportações do grupo “Papel e Celulose”, o destaque, naturalmente, ficou por conta da celulose, que, de janeiro a julho de 2014, registrou receita de exportação equivalente a US$ 614,7 milhões ou 97% da receita total do grupo. Quando comparado com igual período de 2013 a receita obtida com o produto apresentou evolução de 9,4%. Outro destaque foi observado nas vendas de papel fibra 150g/m² que somaram o equivalente a US$ 18,8 milhões ou 3% do total, tendo como principais compradores China, Itália, Holanda, Estados Unidos e Coreia do Sul.

Quanto ao grupo “Extrativo Mineral”, a receita de exportação de janeiro a julho de 2014 alcançou o equivalente a US$ 329,4 milhões, crescimento de 8,2% sobre o mesmo período do ano passado. Resultante, principalmente, das vendas de minérios de ferro não aglomerados e seus concentrados que representam 91,9% da receita total do grupo. Na sequência aparecem as exportações de outros minérios de manganês com 8% de participação. Por fim, os minérios exportados por Mato Grosso do Sul tiveram como principais destinos a Argentina e o Reino Unido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Duas mulheres morrem por Covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Duas mulheres morrem por Covid-19 em Dourados
Secretário de Estado de Saúde recebe dose de reforço contra Covid-19
VACINA
Secretário de Estado de Saúde recebe dose de reforço contra Covid-19
NA RÚSSIA
Bia Ferreira atropela rival e garante ouro no Mundial Militar de Boxe
Em nove meses, multas do CCZ superam R$ 1,3 milhão
DOURADOS
Em nove meses, multas do CCZ superam R$ 1,3 milhão
União deve fornecer medicamento de alto custo à criança portadora de Amiotrofia Espinhal Progressiva
União deve fornecer medicamento de alto custo à criança portadora de Amiotrofia Espinhal Progressiva
TRT-MS
Juiz Tomás Bawden toma posse como desembargador do Trabalho na segunda-feira 
FLAGRANTE
Médico denunciado por cobrar cirurgia no SUS tem HC negado no STF
ESTADO
Comitê de Saúde discute uso do pregão eletrônico para compra de medicamentos pelo SUS
JUSTIÇA DO TRABALHO
MS tem mais de 350 audiências em três dias de conciliação e execução trabalhista
ECONOMIA
Microempreendedores têm menos de uma semana para regularizar dívidas

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
RACISMO
Em SP, DJ Alok recorda exclusão de integrantes do 'Brô MCs' durante show em Dourados 
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
DOURADOS
Júri condena jovem que matou amiga com tiro na nuca e alegou 'acidente'