Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
INFRAESTRUTURA

Estado garante trafegabilidade à malha e investe no contorno rodoviário de Ponta Porã

08 fevereiro 2020 - 19h13Por Da Redação

Como ocorre nas demais regiões do Estado, a malha viária do sul-fronteira com o Paraguai vem recebendo investimentos na melhoria do tráfego, com recursos do Fundersul, garantindo escoamento da produção e segurança aos usuários. A região de Ponta Porã é um exemplo: além da manutenção das estradas, o Governo do Estado investe R$ 22 milhões na implantação do contorno rodoviário da cidade.

“A atenção da Agesul é permanente e ainda auxilia a prefeitura na recuperação das estradas vicinais, as quais atendem os nossos assentamentos”, afirmou o prefeito Hélio Peluffo.

O anel viário é uma obra vital para o desenvolvimento da quarta maior cidade de Mato Grosso do Sul, em franca expansão agropecuária. Com extensão de 8 km, a obra executada pela prefeitura desvia no sentido Norte o trânsito pesado do centro, se interligando à MS-164, que demanda a Maracaju e às principais cerealistas da região. O contorno, já em execução, também levará infraestrutura (drenagem e pavimentação) a pelo menos dez bairros.

“Esse projeto viário é um sonho de décadas, agora uma realidade no governo do Reinaldo Azambuja”, destaca o prefeito. “A saída dos caminhões do centro é apenas um dos benefícios, o contorno levará infraestrutura aos espaços vazios, estimulando a expansão e aproximando as comunidades dos serviços públicos e criando novos acessos às diferentes regiões da cidade. Será um avanço enorme para a mobilidade urbana”, acrescenta Peluffo.

MS-384: restauração

Conforme o prefeito, a parceria da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) tem permitido a manutenção permanente de estradas vicinais, onde, muitas vezes, a prefeitura não tem disponibilidade de recursos e maquinários para atuar. Atualmente, a patrulha da Agesul recupera as ruas do núcleo comunitário do Assentamento Itamarati e, na sequência, atenderá as estradas municipais dos assentamentos Nova Era e Boa Vista.

Apesar das condições climáticas desfavoráveis na região, a Agesul mantém os serviços de manutenção (raspagem da pista e cascalhamento) da malha viária sob jurisdição de sua Residência em Ponta Porã, que abrange os municípios de Antônio João e Laguna Carapã. Os serviços estão sendo executados na MS-380 (Laguna Carapã-Caarapó) e MS-280 (Lagunita), estradas de terra, e no núcleo urbano de Sanga Puitã.

O Estado concluiu o tapa-buraco na MS-384, entre Ponta Porã e Antônio João. A rodovia integra o tronco rodoviário da região, com tráfego intenso (grãos e calcário), e receberá atenção especial: a Agesul licitou a restauração do trecho entre os entroncamentos com a MS-164 e BR-060, beneficiando também Bela Vista. A Agesul encomendou projeto executivo para pavimentar 50 km da MS-378, entre a BR-463 e a MS-278 (Laguna Carapã-Caarapó).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
PANDEMIA
Covid volta a matar e Dourados acumula 120 vítimas da doença