Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Escasso, teste rápido de coronavírus custa a partir de R$ 140 na Capital

02 junho 2020 - 13h20Por Da redação

Apesar de ter liberado que as farmácias e drogarias façam o teste rápido de Covid-19, o novo coronavírus, nos moradores, ainda não é possível encontrar o serviço disponível na maioria dos estabelecimentos de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul.

O exame foi liberado para as farmácias há quase duas semanas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no dia 28 de abril.

Conforme o Mídia Max, em pelo menos três farmácias há a disponibilidade do teste para a doença. Uma farmácia localizada na Chácara Cachoeira e uma no Centro, vão começar a fazer o teste rápido para a doença a partir de quinta-feira (4) e exames devem ser agendados.

Um estabelecimentos que realizam o teste também fica localizado na Chácara Cachoeira. E outra farmácia no mesmo bairro, de uma rede de drogarias, começará a realizar os testes a partir de quinta-feira. No estabelecimento, o farmacêutico explicou para a reportagem que o paciente já pode realizar um agendamento pelo site ou aplicativo da rede a partir desta terça-feira (2). O preço do teste será de R$ 140.
Saiba Mais

No centro, uma farmácia localizada na Rua Rui Barbosa, também começará a fazer o teste a partir de quinta-feira (4). A proprietária, Daniela Molina, disse que procura pelo exame começou nesta semana, com até quatro pessoas questionando por dia. “Já tem pessoas agendadas e a principio vamos trabalhar com até quatro teste por dia por questões de segurança”, disse.

Os interessados em realizar o teste devem agendar pelo telefone da drogaria no 3025-6516. O preço da testagem nesta farmácia custa R$ 250.
Teste nos laboratórios

Assim como nas farmácias, não são todos os laboratórios que oferecem a testagem. A reportagem apurou com seis laboratórios de Campo Grande e, apenas três afirmaram realizar o exame.

Em laboratório localizado na Avenida Afonso Pena, três tipos de exames da doença estão disponíveis. Além dos dois citados, o teste pelo sangue também pode ser solicitado. No entanto, apenas o teste rápido, que custa R$ 250, pode ser feito sem a prescrição médica. Os demais custam, R$ 300 (pelo sangue) e R$ 350 (teste pela secreção nasal).

Em outro laboratório, localizado na Rua Dom Aquino, 2339, o teste rápido custa R$ 210 e, assim como o laboratório anterior, é feito somente por agendamento. Mas por telefone, a atendente do estabelecimento explicou que para esta semana, não há mais horários disponíveis para a realização do exame.

Na clínica localizada na Rua Mal. Rondon, 1964, tem os dois tipos de testagem disponível e ambos é necessário o pedido médico para realizar. O valor custa R$ 300 o teste rápido e o PCR, R$ 315. É feito por ordem de chegada.
Autorização da Anvisa

Autorizada no dia 28 de abril pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a realização de testes rápidos para diagnósticos do novo coronavírus (Covid-19) em farmácias e drogarias já estão liberados em Campo Grande. O exame pode identificar desde a presença do vírus até se a pessoa já tem os anticorpos necessários –isto é, o sistema imunológico preparado.

A liberação pela Anvisa foi feita temporariamente e em caráter excepcional, enquanto perdurar o estado de calamidade pública declarado por conta da Covid-19. Diretor-presidente da agência, Antônio Barra Torres afirma que a medida foi tomada para aumentar o acesso da população ao diagnóstico da doença, hoje realizado por meio de exames laboratoriais (RT-PCR) ou mesmo em sistema de drive-thru (IgG/IgM).

“O aumento do rol de estabelecimentos de Saúde realizadores de testes será uma estratégia útil na diminuição da aglomeração, bem como a diminuição pela procura de serviço médico em estabelecimentos da rede pública já altamente demandada”, afirmou Barra Torres. Os testes em farmácias serão do tipo rápido (IgG/IgM), havendo 33 kits de testagem já autorizados pela Anvisa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Após perseguição, jovem é apreendido com drogas em veículo na BR-163
BENEFÍCIO
Nascidos em março podem sacar auxílio emergencial do 3º lote
TRÁFICO DE DROGAS
Mulheres são flagradas transportando drogas em ônibus, uma delas com a filha de cinco anos
TRÁFICO
Dupla é presa em ação conjunta com maconha e cocaína
LEGISLATIVO DE MS
Deputados devem apreciar cinco matérias na sessão ordinária desta quarta-feira
DOURADOS
MPE cita gestão municipal precária e intervém na entrega de EPIs doados a profissionais de saúde
MS-379
Veículo com ocorrência de furto é apreendido com mais de 700 kg de maconha
CAMPO GRANDE
Jiboia de quase 3m é capturada em obra do Aquário do Pantanal
PRAÇA ANTÔNIO JOÃO
Irmãos são abordados por trio e perdem celular e dinheiro
DOURADOS
Mulher tem carro furtado na Vila Cuiabá

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados