Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
LEGISLATIVO

Encontro vai discutir soluções contra queimadas no Pantanal

28 setembro 2020 - 12h26Por Da Redação

As questões ambientais sempre nortearam a pauta da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). Preocupada com as consequências das queimadas na região do Pantanal, a Casa de Leis realiza nesta quarta-feira (30), a partir das 15h, audiência pública por videoconferência para debater ações contra o fogo na planície alagada, considerada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) um Patrimônio Natural Mundial.

Este ano, a quantidade de focos das chamas ainda existentes no Parque Estadual Encontro das águas, é a maior da história, e já destruiu 85% da área da reserva.

Participam da audiência pública representantes do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), do Ministério Público Estadual (MPE-MS), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Polícia Militar Ambiental (PMA), do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul (CBMMS) e da Polícia Militar (PMMS). Foram também convidados representantes do Instituto SOS Pantanal, do  Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), e outros atores envolvidos com a questão ambiental.

O presidente da ALEMS, deputado Paulo Corrêa, explicou a atuação do Poder Executivo no combate às queimadas na região. “O Governo do Estado já tem feito um esforço, com apoio da União e de entidades do terceiro setor, no sentido de controlar as chamas que devastam o nosso Pantanal. Está em curso a Operação Pantanal II, que reúne bombeiros de Mato Grosso do Sul e do Paraná e brigadistas do Ibama, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade [ICMbio] e de organizações não-governamentais. Além de contribuir para o debate deste tema, auxiliando na busca por soluções que somem nas ações de combate ao fogo, também podemos, com a audiência pública, discutir uma legislação mais enérgica contra os responsáveis pelas queimadas, e, ainda, debater sobre proteção deste bioma tão importante para região e o país”, declarou.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PGR pede ao STF para aprofundar investigação contra Renan Calheiros
Bombeiros encerram buscas por idoso desaparecido há 11 dias
PANTANAL
Bombeiros encerram buscas por idoso desaparecido há 11 dias
EDUCAÇÃO
UFGD abre 457 vagas em cursos de mestrado e doutorado para 2022
CAPITAL
Sequestro que durou 1 hora termina com dois presos e reféns liberadas
EMPREGO
Divulgada abertura de Seleção da Agepan e convocação da Ageprev
CORUMBÁ
Motorista de aplicativo é sequestrada durante roubo na fronteira
204 MIL VAGAS
IBGE cancela concurso para o Censo 2022 e diz que devolverá inscrição
REGIÃO
Dupla é detida após invadir fazenda e abater animal da propriedade
UEMS
Inscrições abertas: Concurso público para docente de Medicina
Aposentado vai consertar telhado após vendaval, cai e morre

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Bombeiros encontram mais três corpos e número de mortos em naufrágio chega a seis
ROMA I
Acusados de estupro, mãe de menor e jovem responderão processo em liberdade
DOURADOS
PMA prende e autua dois pescadores em R$ 2,6 mil
DOURADOS 
Cidade não tem desabrigados, mas tempestade afetou dezenas de casas na periferia