Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397
GERAL

Emissão de Certidões Negativas segue disponível no Portal do TJMS

17 abril 2021 - 14h20Por Da Redação

Devido ao agravamento da pandemia vivenciada em todo o país, os prédios do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul permanecem com restrições de acesso ao público em geral, a fim de conter a disseminação do coronavírus. As atividades internas, porém, continuam a ocorrer, seja na modalidade presencial, seja por teletrabalho. Assim, julgamentos, andamentos processuais e serviços administrativos seguem sendo prestados para a população. Entre esses serviços, encontra-se a emissão de certidões negativas cíveis e criminais.

Há anos os pedidos de emissões de certidões negativas podem ser feitos pelo Portal do TJMS na grande maioria dos casos, de forma que assim permaneceu ao longo de toda a pandemia. A certidão é gratuita e fica disponível na hora. O pedido deve ser feito pelo link https://esaj.tjms.jus.br/sco/abrirCadastro.do. Após o requerimento, o sistema encaminha automaticamente a certidão negativa para o e-mail cadastrado pelo usuário.

As certidões emitidas são as mais diversas: cíveis; criminais; falência, concordata, recuperação judicial e extrajudicial, antecedentes criminais e criminal militar.

Antes das decretações das medidas de controle das infecções de Covid-19, contudo, se o interessado tentasse emitir uma certidão de 1º Grau e o sistema apresentasse resposta de impossibilidade por algum motivo, como a ocorrência de homônimos, fazia-se necessário que a pessoa se dirigisse ao setor de distribuição no Fórum da Capital para, pessoalmente, realizar a solicitação física do documento.

Com o advento da pandemia, porém, este procedimento foi modificado. Assim, hoje o interessado deve fazer o pedido da certidão para o e-mail cgr-cdistribuidor@tjms.jus.br. Neste e-mail, a pessoa deve encaminhar imagem de seu RG e CPF, ou CNPJ, no caso do solicitante ser pessoa jurídica. O requerente também deve especificar no e-mail qual certidão deseja, cível ou criminal, e para qual finalidade.

No prazo máximo de três dias úteis, o interessado receberá resposta do Cartório Distribuidor sobre seu pedido. Nestes casos, será feita a cobrança de uma taxa de emissão, que atualmente se encontra no valor de R$ 51,13, a ser paga por boleto enviado no mesmo e-mail solicitante. Após a compensação financeira do pagamento, a certidão é encaminhada também para o e-mail do pedido.

Essa medida vale apenas para as situações em que não foi possível a emissão pela internet. Importante ressaltar que as certidões criminais, não importa por qual procedimento tenha sido feita a solicitação, permanecem com a emissão sem custo.

De acordo com relatório do Cartório Distribuidor de Campo Grande, enquanto ao longo de 2020 foram emitidas 230.751 certidões, somente de 7 de janeiro a 15 de abril deste ano já são 92.912, ou seja, 40% do total do ano passado, o que leva à estimativa de um aumento significativo no número de emissões até dezembro de 2021.

Dentre todas as certidões emitidas nos primeiros meses desse ano, 6.681 deram-se por meio do novo procedimento acima descrito, o que permite dizer que foram quase 7 mil pessoas atendidas sem a necessidade de ir até o Fórum da Capital, como era antes da pandemia. Ano passado foram 16.317 pessoas que fizeram seus pedidos pelo e-mail e foram atendidas.

Para mais esclarecimentos basta entrar em contato com o Cartório Distribuidor pelo WhatsApp (67) 98407-0618.

Interior e TJ – Para as comarcas do interior de MS, procure o e-mail do Fórum em Telefones Úteis pelo link https://www.tjms.jus.br/servicos/pabx/. No Tribunal de Justiça (2º Grau), o e-mail deve ser enviado para sec.judiciaria@tjms.jus.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado