Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ORÇAMENTO

Emendas de Geraldo para a saúde em 2016 somam R$ 9,6 milhões

13 novembro 2015 - 10h43

O deputado federal Geraldo Resende priorizou a área de saúde na apresentação de suas emendas individuais para o Orçamento Geral da União (OGU)/2016. De um total de R$ 15,3 milhões a que teve direito, o parlamentar garantiu a inserção de R$ 9,6 milhões para o setor. Para outros segmentos, como educação, infraestrutura (pavimentação e drenagem), segurança e áreas de lazer, foram mais R$ 4,6 milhões.

As emendas individuais de Geraldo ficaram assim distribuídas: revitalização da Praça Antonio Alves Duarte – R$ 1 milhão; construção da sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) – R$ 1 milhão; pavimentação e drenagem – R$ 1,2 milhão; construção de biblioteca da UFGD – 671,2 mil; revitalização do Ceper do 2.º plano – R$ 500 mil; informatização de escolas – R$ 300 mil.

Especificamente para a saúde, Geraldo destinou R$ 3 milhões para a construção do Instituto da Mulher e da Criança (IMC); R$ 1 milhão para construção de hospital em Caarapó; R$ 3,5 milhões para ampliação e construção de unidades especializadas e R$ 3 milhões para aquisição de equipamentos, além de R$ 171 mil para custeio da Rede Sarah.

IMC

Além de apresentar uma emenda individual para a Construção do Instituto da Mulher e da Criança – IMC, Geraldo Resende articulou junto aos demais membros da bancada federal de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional a viabilização de novos recursos para o projeto. O parlamentar conseguiu com outros parlamentares emendas que totalizam R$ 4.750.000,00.

Com esse objetivo, a deputada Tereza Cristina viabilizou R$ 1 milhão; deputado Carlos Marun, R$ 1 milhão; senador Waldemir Moka, R$ 1 milhão; senadora Simone Tebet, R$ 1 milhão; e deputado Luiz Mandeta, R$ 750 mil.

As articulações de Geraldo para viabilizar novos recursos para o IMC começaram logo após a confirmação da perda dos recursos que haviam sido garantidos por ele, no valor de R$ 12,9 milhões, junto ao Ministério da Saúde em 2012, mas que foram perdidos pela reitoria anterior da UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados.

“Conversei com os colegas e fui atendido por eles, sendo que há também uma emenda de bancada no valor de R$ 100 milhões inserida no Orçamento Geral da União de 2016, havendo a possibilidade de que parte dessa emenda, quando a mesma forma empenhada no ano que vem, possa ser revertida para complementar os recursos necessários para a construção do IMC”, explica Geraldo Resende.

Aos recursos da bancada vão se somar os outros R$ 12,5 milhões que o Ministério da Educação já assegurou ao presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Newton Lima, que é a instituição conveniada com a UFGD para construir e administrar o IMC. Além disso, há um contrato entre a EBSERH e uma entidade ligada à Organização Mundial da Saúde o qual prevê investimento de R$ 1,1 milhão na elaboração do projeto do IMC, que tem previsão para ficar pronto em dezembro deste ano.

“É um sonho que eu quero sonhar com os universitários da área da saúde, com as mães de Dourados e região e com todos aqueles que querem contribuir com a melhoria da saúde pública. Em nenhum momento eu desisti e vou continuar me esforçando para que esse sonho se transforme em realidade”, destacou Geraldo Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Dois homens são presos em flagrante por furto qualificado
SAÚDE
Projeto permite registro automático no Brasil de medicamento já aprovado por agência estrangeira
Primeira fase de vacinação contra a Covid deve ser concluída na sexta-feira
DOURADOS
Primeira fase de vacinação contra a Covid deve ser concluída na sexta-feira
ECONOMIA
Em dia de baixa liquidez, dólar comercial fecha em alta de 0,60%
EDUCAÇÃO
Processo seletivo para o mestrado do IFMS é retomado neste ano
ECONOMIA
Queda na arrecadação foi "resultado excelente", diz Guedes
IMUNIZAÇÃO
Doses da Oxford recebidas nesta segunda serão destinadas a profissionais de saúde
DECISÃO
Estudante que ficou três anos sem diploma será indenizada
PANDEMIA
Estado lança "vacinômetro" nesta semana
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Maia defende CPI para investigar possíveis crimes de Pazuello na gestão da pandemia

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial