Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Dicas para não ser enganado ao fazer a revisão do seu carro

03 julho 2020 - 14h07Por Da Redação

Se você não tem experiência com manutenção de carros, ou comprou seu primeiro carro agora, é importante estar atento em algumas recomendações que serão úteis para não cair em golpes e acabar pagando mais caro por um serviço simples.

A manutenção de automóveis, pode ser um assunto delicado para alguns. E quando é necessário solicitar algum conserto, podem aparecer dúvidas sobre se o mecânico está sendo honesto ou não. Para ter certeza de que não está sendo enganado, confira abaixo algumas dicas.

Os golpes são cometidos em várias cidades do Brasil, muito frequentemente nos carros usados em Campo Grande, os mecânicos usam a desculpa de que “carro velho dá muito problema”. Não caia nesse papo, muitos carros usados tem um bom estado de conservação se o antigo dono cuidou das revisões corretamente.


Primeiramente, verifique o preço das revisões no site da marca. Assim, você já chega sabendo quanto deve pagar pelo serviço. 

Não caia em papo furado, faça apenas o que precisa fazer no carro. Alguns lugares costumam oferecer “pacotes” que incluem polimento ou hidratação dos bancos entre outras coisas. 

Realize uma boa pesquisa e verifique as avaliações do lugar em que pensa em levar seu veículo. Converse com alguns amigos e veja se eles podem indicar um lugar de confiança. 

Certifique-se de que as peças substituídas estão de acordo com o indicado no manual do automóvel. 
Procure ter apenas um mecânico de confiança para realizar as manutenções do seu carro. Dessa forma, o histórico de manutenção fica registrado, e além disso você pode criar um bom vínculo com o técnico responsável.

Lembre-se de ficar com as revisões em dia. Realizar as revisões é essencial para não perder a garantia de fábrica. Caso você não siga o cronograma de inspeções, você perderá o direito à cobertura.

Informe-se sobre os serviços de vantagem que cada marca oferece. Caso seja um dia mais agitado e você está sem tempo para levar o carro, algumas marcas disponibilizam o serviço de “leva e traz”. Com isso, seu veículo pode ser pego em sua residência e entregue no trabalho.

Saiba qual é o horário mais conveniente. É recomendado deixar um horário agendado antes de levar o carro. Dessa forma, você pode se programar melhor e pode até esperar que o serviço seja realizado na hora. Caso a revisão seja simples, em até 1 hora seu carro pode ficar pronto.

Realize uma pesquisa sobre os preços da mão de obra. Normalmente, a partir da 3ª ou 4ª inspeção, as fabricantes sugerem o preço de peças e você precisa acrescentar a mão de obra. Esse valor pode variar entre os lugares, portanto faça a sua pesquisa e veja qual estabelecimento oferece um serviço de qualidade e com um bom preço.

Além disso, verifique a origem das peças trocadas e solicite a nota fiscal delas. Além disso, verifique se todas que constavam no orçamento foram realmente utilizadas e certifique-se da sua a procedência. 

Uma dica valiosa é realizar um teste com o profissional. Questione sobre algo que você já tem conhecimento e veja se o mecânico foi honesto em suas respostas. Uma sugestão: caso tenha trocado as pastilhas de freio ou o óleo recentemente, questione se o nível está correto ou se elas precisam ser trocadas. A partir daí você saberá se pode ou não confiar seu carro nas mãos deste profissional. Essa dica é importante principalmente para as mulheres, que costumam ser constantemente enganadas por alguns profissionais sem ética. 
Outra dica importante é mesmo que você não tenha conhecimento técnico, não demonstre. Assim você não corre o risco de ser enganado. Faça perguntas diretas, questione os argumentos dados pelo profissional. Mostre que você está seguro. Geralmente, quando o mecânico de má fé nota que o cliente é leigo inicia a manipulação e oferece serviços e adicionais ou até cria problema inexistentes para poder lucrar mais. 

Em caso de dúvidas sobre algum procedimento ou nomes que você não conhece, anote tudo e depois realize uma pesquisa na internet ou converse com um colega, somente após ter certeza solicite o serviço. 

Caso o seu caro esteja com algum defeito tente se informar antes sobre como é o conserto e o quanto pode custar. Dessa forma quando levar o carro na oficina você já saberá qual o procedimento e valor, dificultando que o mecânico invente outros problemas.

Caso tenha tempo leve o carro em mais de uma oficina e solicite um orçamento sem informar qual é o defeito.

A frequência de idas ao posto sempre é grande e é importante lembrar que frentistas não são mecânicos, não dê ouvidos quando sugerem que seus carros têm algum defeito, ou aceite serviços desnecessários.

Ainda é comum o frentista oferecer checagem do nível do óleo do motor, essa prática já não é a mais adequada. 

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas não sejam enganadas na hora de realizar a revisão!

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Polícia paraguaia apreende quase três toneladas de maconha na fronteira
OPORTUNIDADE
JBS oferece mais de 600 vagas em Dourados e mais cinco cidades
SÃO PAULO
Internautas arrecadam R$ 121 mil para entregador que sofreu ofensas racistas
SAÚDE
Dia nacional do combate ao colesterol chama atenção para o problema
CAPITAL
Macaco sagui morre eletrocutado e fica grudado em fiação elétrica
EDUCAÇÃO
IFMS abre processo seletivo para contratação de 16 professores substitutos
MATO GROSSO
Morre Dom Pedro Casaldáliga, o bispo das causas sociais e indígenas
FUTEBOL
Palmeiras bate Corinthians nos pênaltis e conquista o Paulistão após 12 anos
COMÉRCIO EXTERIOR
Exportação de soja de MS avança 129% em relação ao ano passado
COVARDIA
Homem agride moradora de rua na saída de supermercado e foge

Mais Lidas

INVESTIGAÇÕES
Polícia desarticula quadrilha responsável por furtos e tentativa de homicídio em Dourados
DOURADOS
Mãe e marido de adolescente de 12 anos são autuados por estupro de vulnerável
PANDEMIA
Com mais dois óbitos confirmados, Dourados chega a 61 mortes por coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro