Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99659-5905
ASSEMBLEIA

Deputados aprovam tombamento de monumento Cavaleiro Guaicuru

06 setembro 2017 - 18h20

Cinco proposições foram analisadas e aprovadas por unanimidade durante a Ordem do Dia desta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa. Dois em discussão única com pareceres favoráveis da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e outros três em primeira discussão, que agora seguem para análise das comissões de mérito.

Em discussão única aprovou-se o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 07/2017, de Antonieta Amorim (PMDB), que dispõe sobre o tombamento do monumento Cavaleiro Guaicuru, instalado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. A estátua é obra de ferro, resina e pó de mármore, de quatro metros de altura, esculpida pelo artista Anor Mendes, em homenagem aos índios guerreiros da etnia Guaicurus.

Com a aprovação, se promulgado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB), a instrução processual e a montagem do processo de tombamento ou de registro ficará a cargo da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e ficará proibido, sob pena de multa, causar danos, demolição, destruição ou mutilação, pintura, reparação, reforma, ampliação, modificação e qualquer obra necessária à conservação do monumento, sem prévia autorização do órgão estadual responsável pela guarda do patrimônio histórico do Estado.

Outro Projeto de Decreto Legislativo aprovado e que seguirá para promulgação é o PDL 08/2017, do Poder Executivo, que indica o nome de Clistiano Fernandes Alves para exercer a função de membro efetivo do Fórum Deliberativo do MS-Indústria, de 2017-2018, em substituição a Paulo César Vilela Gaudioso.

Primeira votação

Em primeira discussão, com pareceres favoráveis da CCJR, aprovou-se: o Projeto de Lei (PL) 139/2017, de Renato Câmara (PMDB), que inclui no Calendário Oficial de Eventos a Feira de Sementes Nativas e Crioulas realizada em Juti; PL 169/2017, do Professor Rinaldo (PSDB), que também inclui no Calendário, o Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar; e o PL 43/2017, do Dr. Paulo Siufi (PMDB), que proíbe a utilização de cerol, da linha chilena (linha com mistura de vidro moído e pó de quartzo) ou outro material cortante nas linhas de pipas em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem encontrado morto em cachoeira é de SP e tinha 58 anos
TRABALHO REMOTO
TRE-MS disponibiliza balanço semanal das atividades
AVANÇO DA COVID-19
Brasil registra 623 mortes por coronavírus em 24 horas e chega a 29.937
CAPITAL
Pintor é preso após tentar beijar a enteada de 15 anos
EDUCAÇÃO
MEC aponta uso do contraturno escolar após período de emergência por Covid-19
PED
Policiais penais frustram tentativa de fuga na Penitenciária de Dourados
CLIMA
Temperatura cai mais de 8°C em três horas em Dourados
CORUMBÁ
Faculdade deve indenizar por falta de comprovação de débitos
DOURADOS
Após erro de cálculo na hora extra, Funsaud vai descontar dinheiro pago a mais em salários
ANGÉLICA
Homem é preso ao ser flagrado mandando vídeos pornográficos a criança

Mais Lidas

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce