Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99659-5905
SEGURANÇA PÚBLICA

Convênio com a Anatel permitirá bloqueio de celulares roubados

05 setembro 2017 - 18h05

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, assina nesta quarta-feira (6), às 9h, um convênio com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que permitirá o acesso direto ao Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (CEMI), possibilitando o bloqueio de aparelhos móveis roubados, furtados ou extraviados.

O CEMI unifica, em todo território nacional, informações atualizadas sobre os aparelhos celulares roubados, furtados ou perdidos a partir dos bloqueios realizados pelas operadoras de telefonia moveis.

A informação é disponibilizada, de forma centralizada, para todas as operadoras de telefonia móveis, aumentando o aspecto de atuação no combate ao uso de aparelhos impedidos. Basicamente o CEMI junta todos os números de IMEIs de celulares roubados, furtados ou perdidos em um cadastro acessado por todas as operadoras de telefonia moveis.

O CEMI foi criado no ano de 2000 e Atualmente conta com mais de 6,5 milhões de celulares impedidos no sistema e assim não podem ser mais utilizados.

O sistema vem evoluindo desde sua criação e acompanhando as novas tecnologias moveis que foram surgindo como TDMA, GSM, 3G, LTE.

Esse cadastro atualmente é integrado a base mundial de celulares que é administrada pela GSM Association (GSMA). Com essa integração os celulares roubados ou furtados fora do Brasil, que estão cadastrados na GSMA, ficam impedidos de ser habilitados por operadoras de telefonia moveis brasileiras, e vice-versa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
PRF apreende 1,2 tonelada de maconha e 20 Kg de skunk na BR-267
SENADO
Aprovado congelamento de preços de medicamentos e de planos de saúde
COSTA RICA
Filho acusado de agredir pai de 91 anos é preso descumprindo medida judicial
ÁUDIO VAZADO
Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de 'escória'
CAPITAL
Condenado por estupro de vulnerável, homem é preso em encontro religioso
POLÍTICA
Senado aprova em definitivo projeto de doação de refeições não vendida
PORTO MURTINHO
Técnico de laboratório suspeito de aborto consegue habeas corpus
JUSTIÇA
Banco deve indenizar por inserir gravame a terceiros sem consentimento
MARACAJU
Mulheres denunciam tarado que se tocava em terminal rodoviário
COVID-19
'Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo', diz Bolsonaro

Mais Lidas

6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PED
Policiais penais frustram tentativa de fuga na Penitenciária de Dourados