Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
REFIS

Contribuintes tem mais 2 semanas para pedir o parcelamento das dívidas com desconto

26 novembro 2017 - 14h16Por Da Redação

Os contribuintes com débitos de ICMS, IPVA ou Imposto Sobre Transmissão “Causa Mortis” e Doação (ITCD) inscritos ou não em dívida ativa, tem mais 14 dias úteis para aderir ao Refis, o Programa de Regularização Fiscal de Mato Grosso do Sul, e colocar a situação em dia. O prazo termina no próximo dia 15. Até o último dia 21, a Secretaria de Estado de Fazenda havia arrecadado R$ 44 milhões com o Programa, e a meta é chegar a R$ 100 milhões.

O governador Reinaldo Azambuja tem lembrado que trata-se de uma ótima oportunidade para os contribuintes acertarem a situação com o fisco estadual e ajudar o seus municípios e receberem novos investimentos. “Os municípios também são beneficiados com o Refis. Eles são donos de 25% do bolo do ICMS e 50% do IPVA”, comentou.

No caso do ICMS, principal tributo estadual, o contribuinte poderá pedir o parcelamento não só do imposto que deixou de recolher, mas também os débitos das chamadas obrigações acessórias. Nesse caso, a Lei que instituiu o Refis prevê o pagamento em parcela única, com desconto de 70% do valor da multa correspondente; em duas a seis parcelas, redução de 50% da multa; de sete a 12 parcelas mensais e sucessivas, desconto de 40% da multa, e de 13 a 24 parcelas, redução de 30% da multa.

Entre as chamadas obrigações acessórias estão o envio à Secretaria de Fazenda de documentos relativos ao recolhimento de ICMS, como a Guia de Informação e Apuração do ICMS. O não cumprimento das obrigações acessórias gera a aplicação de penalidades, como multas.

Parcelamento

O contribuinte tradicional que tenha dívida de ICMS de fatos geradores ocorridos até 30 de abril deste ano, terá desconto de 90% na multa e juros caso pague à vista. Se parcelar entre duas a seis vezes mensais, a redução é de 75% da multa e dos juros; de sete a 18 parcelas, desconto de 60% na multa e juros e de 19 a 36 vezes 50% de desconto na multa e juros. A regra vale para débitos inscritos ou não em Dívida Ativa.

Para as empresas do Simples Nacional, a Lei prevê que se a opção for pelo pagamento em uma única vez, o desconto é de 95% na multa; em duas a seis vezes, 80% de redução da multa; de sete a 15 parcelas mensais e sucessivas 65% de desconto na multa e de 16 a 30 parcelas 55% de redução na multa.

Os proprietários de veículos terão duas opções para pagar o IPVA vencidos até 31 de dezembro de 2016. Se pagar em até duas parcelas mensais, tem redução de 90% da multa e juros; de três a seis vezes, redução de 75% da multa e juros incidentes sobre o débito. 

Os débitos relativos ao Imposto sobre Transmissão “Causa Mortis” e Doação (ITCD) sobre os fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2016 poderão ser liquidados da seguinte forma: até duas parcelas mensais e sucessivas, redução de 90% da multa e juros; de três a seis parcelas, desconto de 75% da multa e juros correspondentes. O governador Reinaldo Azambuja tem reforçado que embora o Refis seja estadual, 25% do ICMS e 50% do IPVA são destinados aos municípios, e que a recuperação desses recursos vai ajudar as prefeituras no pagamento do 13º salário dos servidores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Diretor da Inova Unigran concorre ao prêmio Startup Awards 2K20 e está entre os dez maiores mentores e heróis do Brasil
REGIÃO
Dupla é presa ao transportar droga em “mocó” de caminhonete
ELEIÇÕES 2020
Justiça eleitoral defere o sexto registro de candidato à prefeitura de Dourados
POLÍTICA
Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
REGIÃO
Com suspeita de contágio de Covid-19 em massa, frigorífico deverá fazer testagem em funcionários
REGIÃO
Gados furtados são recuperados pela polícia e mulher é presa por receptação
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
INOVAÇÃO
Detran-MS vai disponibilizar equipamentos de auto-atendimento em Dourados
ECONOMIA
Brasil e banco americano assinam acordo de US$ 1 bi em investimentos
SENADO
Senador Chico Rodrigues retifica pedido de licença de 90 para 121 dias

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
ACIDENTE
Identificadas vítimas de capotamento na BR-267