Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Concessionária da BR-163 pagou R$ 21,9 mi em impostos às prefeituras

26 dezembro 2015 - 15h00

A CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163, está fechando o ano de 2015 com arrecadação recorde às prefeituras de cidades servidas pela rodovia: R$ 21,9 milhões. O valor é referente ao recolhimento aos cofres públicos municipais do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) sobre a realização de obras e arrecadação de pedágio.

Segundo dados da Gestão Administrativo-Financeira da Concessionária, se somados os valores recolhidos este ano com os valores do ano passado (sobre obras realizadas entre abril e dezembro de 2014), a empresa já contribuiu com o desenvolvimento municipal na ordem de R$ 25,4 milhões (R$ 21,9 milhões em 2015 e R$ 3,5 milhões em 2014).

Em 2015, a arrecadação foi muito superior à de 2014 não só em função do maior volume de obras, mas, também, em razão do início de funcionamento das nove praças de pedágio, em meados de setembro. A CCR MSVia calcula que, a partir de 2016, deva arrecadar anualmente cerca de R$ 30 milhões aos municípios em ISSQN sobre obras e pedágios.

Com 845,4 quilômetros de extensão, a BR-163/MS liga longitudinalmente o Estado de Mato Grosso do Sul, indo da divisa com o Paraná, ao Sul (cidade de Mundo Novo), à divisa do Mato Grosso, ao Norte, (cidade de Sonora). Ao todo, a rodovia serve diretamente a 21 municípios, entre eles a Capital, Campo Grande.






Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
IMUNIZAÇÃO
Confira a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19 por município em MS
Brasil tem 1,1 mil mortes por Covid-19 registradas em 24 horas
PANDEMIA
Brasil tem 1,1 mil mortes por Covid-19 registradas em 24 horas
REGIÃO
Homem é preso após descumprir medidas protetivas em Bataguassu
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Maia reafirma preocupação com a compra de vacinas pelo governo
ESPORTES
São Paulo acerta retorno de artilheira do último Brasileirão Feminino
ECONOMIA
Acordos especiais renegociaram R$ 81,9 bi da dívida ativa na pandemia
CRIME ORGANIZADO
Operação cumpre oito mandados em MS e em outros dois estados
SAÚDE
Farmacêuticos e farmácias podem ser estratégicos na vacinação contra a Covid
ECONOMIA
Dólar sobe pela terceira sessão seguida e fecha a R$ 5,34

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes