Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ARTIGO

Como salvar um casamento!

11 dezembro 2015 - 17h50

Todo casamento tem suas crises. O casal que aprende a superá-las, se fortalece. Os que não conseguem, se desgastam, enfraquecem... separam.

As estatísticas comprovam o elevado índice de fracasso de famílias obrigadas a se apartarem por conta de atritos e insustentabilidade de convivência sob o mesmo teto.

Para agravar ainda mais o clima nos lares, nos tempos de hoje, a economia exige que pais e filhos partam para o campo de trabalho, aumentando ainda mais a distância uns dos outros no lar.

Raros os dias em que a família senta à mesa para uma refeição. Raro inclusive nos finais de semana!

O conjunto de fatores que contribui para o desgaste do casal é muito grande. Se não houver consciência das influências negativas e da importância de remar contra a maré, juntos, mais cedo ou mais tarde, tudo acaba!
A luta pelo seu fortalecimento consiste em, antes de tudo, alicerçar o lar, a vida e a família, em Deus! Sem Ele, tudo, absolutamente tudo, mais cedo ou mais tarde, se perde! Não tem valor! Morre!

Também é preciso conscientização de que cada um de nós, cada ser humano, é único. Outro grande milagre da Criação. Logo, não há como “aprovar” 100% da maneira de ser um do outro. Mas podemos aceitar, adaptar, conviver e até aprender a gostar.

É comum o casal discutir e ficar “emburrado”, por dias e até semanas, por achar que um deve desculpas ao outro, porque estava com a razão. Há até quem apele até para uma testemunha, um parente ou amigo, para contar o caso e no final perguntar: - Eu não tenho razão?

Aprendi com o poeta Ferreira Goulart (70), que fazia isso, com sua jovem esposa e concluiu, depois de perder longos dias de agradável convívio no lar, que não queria mais ter razão, queria era é ser feliz! E nunca mais perdeu tempo com discussões banais. Passou a ser mais paciente e conversar o necessário na hora certa para resolver as diferenças.

Isso serve para todos. Discutiu por um ponto de vista!? Se chateou!? Procure esquecer logo e volte ao convívio! Não perca tempo! Discuta (conversando, em baixo tom), o que tiver que discutir, de cabeça fria, no momento e local apropriados. Simples assim!

A felicidade muito nos envolve quando procuramos fazer o cônjuge feliz!

Não importa se temos 10, 20 ou 40 anos de casados! Compre, sempre que puder, uma flor para presentear a companheira! Nunca perca a oportunidade de abrir a porta do veículo para que ela entre ou saia; De vez em quando deixe um bilhete no travesseiro dizendo o quanto a ama! E como ela é importante para você! Rabisque uma poesia!

Às vezes uso o azulejo da cozinha para ressaltar os valores dela. A vantagem é que a tinta do pincel atômico sai com facilidade. Apenas com um pano úmido! E a repercussão é enorme! Mulher gosta dessas coisinhas que para os homens são bobagens.

Quanto à bebida (produto de elevado poder corrosivo do casamento), esqueça suas justificativas de que bebe “socialmente” com os amigos! Reúna a família (esposa e filhos) e pergunte a eles o que acham! E tenha a hombridade de seguir o conselho que derem. Afinal, eles não são as pessoas mais importantes de sua vida? Não é por eles que estaria disposto a lutar e até a morrer? Então, por que não parar de beber, por Eles???
Os filhos merecem e devem ter toda a atenção do mundo, mas arrume um tempo, toda semana, para sair com sua esposa. E nunca a deixe para traz, andem de mãos dadas.

A frase “eterna namorada” é muito mais profunda do que parece. Seu verdadeiro significado exige, por exemplo, que ao voltarmos para casa, no final do dia, depois de exaustivo trabalho para reencontrá-la, devemos ter a mesma emoção de quando vestíamos nossa melhor calça e melhor camisa para encontrá-la para ir ao cinema, quando apenas namorávamos! A mesma emoção! Sempre! Cultive isso no coração, que não morre.

A mesma emoção também quando falarmos com ela! Com o mesmo carinho de antes! Com a mesma atenção e ouvidos a todas às suas conversas e ações!

Não importa se com o passar dos anos, com a criação dos filhos, os efeitos do tempo tenham mudado o seu corpo. Ela de fato não é a mesma. É muito melhor, mais madura, mais alicerçada na família e em você. Então, por que não dizer todos os dias, que a ama e enaltecer o quanto é importante!?

E ela, que fica em casa, não precisa esperá-lo sempre com aquela “roupinha surrada” que gosta tanto! Deve vestir uma melhor! Ficando mais bonita (maquiada, cabelo...), mesmo que apenas para recebê-lo no final de mais um dia de trabalho!

Pequeninas coisas! Grandes efeitos!

E nunca deixem de encerrar a noite juntos, em oração, em agradecimento a Deus pela Vida!

Jornalista, Professor e Cristão SUD*

Deixe seu Comentário

Leia Também

"É preciso despolitizar a vacina", diz governador durante vacinação simbólica
MATO GROSSO DO SUL
"É preciso despolitizar a vacina", diz governador durante vacinação simbólica
ECONOMIA
Dólar fecha em leve queda com mercado atento a vacinação e trajetória de taxa de juros
Óbitos em cartórios apontam 2020 como o ano mais mortal da história do Mato Grosso do Sul
LEVANTAMENTO
Óbitos em cartórios apontam 2020 como o ano mais mortal da história do Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Correios entrega 5,5 milhões de provas na primeira etapa da operação Enem 2020
Casal morre após caminhonete colidir contra carreta na BR- 163
TRAGÉDIA
Casal morre após caminhonete colidir contra carreta na BR- 163
IMUNIZAÇÃO 
Detalhes sobre a vacinação em Dourados serão definidos nesta terça
SAÚDE PÚBLICA
Pazuello diz agora que ministério orienta 'atendimento precoce' e não 'tratamento precoce'
DOURADOS
Homem encontrado caído desacordado no Jardim Itália morre no Hospital da Vida
MÉDIA MÓVEL
Dourados fecha semana com média de 161 novos casos de Covid por dia
DECISÃO
Após cancelamento indevido, aposentada tem direito a manutenção em plano de saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras