domingo, 14 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

Com nova grade, UEMS oferece Engenharia Ambiental e Sanitária

25 setembro 2017 - 12h20

O Curso de Engenharia Ambiental da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), avaliado com 4 estrelas no Guia do Estudante 2017, recebeu readequação em sua grade curricular e nomenclatura, passando a ofertar o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária a partir de 2018. O ingresso poderá ser feito pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

Conectado com as novas demandas do mercado de trabalho e com as recentes orientações do Ministério da Educação (MEC) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA/MS), o curso recebeu inovações, passando assim por uma reestruturação e recebendo novas disciplinas, além da troca do nome.

Com as mudanças, os alunos formados, além da possibilidade de trabalho na conservação e recuperação de recursos naturais e redução dos impactos da poluição, terão ampliação de atuação nos campos do saneamento básico, epidemiologia e higiene e vigilância sanitária.

O curso também passa por ampliação da estrutura física e aquisição de novos equipamentos para os laboratórios de prática das disciplinas. Hoje o curso dispõe de Laboratório de Hidráulica e Saneamento, Laboratório de Modelagem Computacional em Saneamento e Geotecnologias (LASANGE), Laboratório de Informática Aplicada, Laboratórios de Química, Física e Biologia. Conta ainda com o apoio do Centro de Pesquisas em Materiais (CEPEMAT) e do Centro Integrado de Análise e Monitoramento Ambiental (CINAM) da UEMS.

De acordo com a coordenadora do curso, Rosa Asmus, as mudanças visam trazer maiores benefícios à sociedade e aos futuros egressos, "aumentando as suas atribuições e o seu leque de atuação profissional, pois sua formação básica não se restringirá ao campo da Engenharia Ambiental; incluirá especificidades no campo do saneamento básico, indo de encontro às atuais tendências do mercado de trabalho que busca profissionais cada vez mais especializados na redução e controle dos impactos ambientais decorrentes das mais diversas atividades humanas", ressaltou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde
MS

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde

VIGILÂNCIA

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título
ATENÇÃO CIDADÃO

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital
CRIME

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio
DEBATE

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

TRÁFICO

Traficantes são presos com cocaína e maconha em Sonora

OPINIÃO

Sobre "roubo de joias" e outras coisas....

IMPASSE

Pacheco aponta resistência do mercado financeiro a projeto das dívidas estaduais

BRASIL

Câmara aprova definição do projeto marco legal de hidrogênio verde

ESPORTES

Seleção Sub-17 derrota Angola por 3 a 0 e decide título neste domingo

Mais Lidas

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho

PREVISÃO

Mais frio: Inmet coloca Dourados em alerta para declínio de até 5ºC na temperatura