Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MATO GROSSO DO SUL

Com mais de 12 mil cartas adotadas, Papai Noel dos Correios encerra campanha

15 dezembro 2017 - 14h50

A campanha Papai Noel dos Correios de 2017 em Mato Grosso do Sul teve 12.779 cartas adotadas desde o dia 17 de novembro, data do lançamento regional. Só em Campo Grande, 96% dos 7.848 pedidos foram atendidos, entre eles o da pequena Gabrielly Rodrigues, de oito anos, que pediu a felicidade.

Na carta, a estudante do 3º ano dizia queria sempre ser feliz porque isso é a melhor coisa que se pode ganhar no mundo inteiro.

Sensibilizados com o pedido, na última segunda-feira, 11/12, empregados dos Correios se mobilizaram para levar felicidade à Gabrielly e seus colegas da Escola Municipal João Cândido de Souza. O Papai Noel, acompanhado do Super-Homem e da Esmeralda, personagens da Liga do Bem, levaram músicas, abraços e guloseimas que animaram a garotada, fazendo surgir sorrisos por todos os lados. “Eu ganhei bastante felicidade”, disse Gabrielly, timidamente. Yone Rahman, uma das organizadoras do “presente”, disse que a carinha foi direcionada a ela por Deus. “Com toda certeza quem ganhou felicidades fui eu. Foi uma manhã inesquecível. Então pra mim Felicidade é um estado de espirito que só Deus proporciona”, afirmou.

A campanha teve ainda outas entregas especiais. João Davi Mota, de dez anos, pediu de presente de Natal a visita do Papai Noel e o Bom Velhinho foi lhe dizer “bom dia” em sua casa, no Jardim Anache. Os Centros de Educação Infantil Paraíso Infantil, no Lar do Trabalhador; Tia Eva, no Jardim Seminário; Marta Guarani, no Tarsila do Amaral; Neide Gordin Freire, na Moreninha III, e Vila Nasser também receberam a visita do Papai Noel. Na zona rural de Campo Grande, os alunos da Escola Municipal Orlandina Oliveira Lima também receberam seus presentes de Natal direto da figura mais conhecida do Polo Norte.

Mas o Bom Velhinho não fez tudo isso sozinho. Só em Mato Grosso do Sul, 3.712 noeis ajudaram a tirar sonhos do papel – são padrinhos e madrinhas que tornaram realidade os mais de 12 mil pedidos, reservando um tempo para escolher uma ou mais cartinhas e levar até uma agência dos Correios o presente solicitado. Entre os ajudantes, estão os alunos do Pré ao 5º ano da Escola Municipal Geraldo Castelo, no centro da Capital que, mobilizados pela professora Ana Cristina Coelho, adotaram 232 cartinhas da campanha. “Eu conheço a realidade das crianças daqui e sei que muitas têm condições financeiras melhores do que outras crianças de escolas públicas mais periféricas. Daí, surgiu a ideia de adotarmos as cartinhas e foi um sucesso”, relatou a professora.

Na próxima semana o trabalho continua. Outros milhares de presentes serão entregues por papai noeis bem conhecidos, uniformizados de amarelo e azul.  Para muitas crianças neste Natal, os sonhos irão chegar pelo carros do Sedex.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CEUCI
Operação investiga crime ambiental em área indígena de MS
DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada
URUGUAI
Ex-presidente uruguaio, Mujica renuncia ao Senado e deixa política
DOURADOS
Vítima de acidente na Marcelino Pires morre na mesa de cirurgia
INTERLIGAÇÃO
Estado licita obra de implantação do corredor rodoviário no Pantanal
CHAPADÃO DO SUL
Motorista fica preso às ferragens após capotar caminhão várias vezes
INFORME PUBLICITÁRIO
Hotel Lago Azul em Bonito prepara pacotes Ano Novo e Carnaval
AJUDA DO GOVERNO
Auxílio Emergencial: 5,2 milhões recebem nova parcela nesta quarta
DOURADOS
Outubro segue com menos da metade da chuva média esperada
DOURADOS NEWS PERGUNTA
Em relação ao trabalho formal, o que propõe para estimular a geração de empregos na cidade?

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados