quarta, 06 de julho de 2022
Dourados
31°max
14°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
CAMPO GRANDE

Chefe de quadrilha que usa criptomoeda está preso em MS

25 maio 2022 - 21h35Por Campo Grande News

A organização criminosa acusada de tráfico de drogas e de lavagem de dinheiro através de criptomoedas, alvo da Operação Intruso, desencadeada nesta quarta-feira, dia 25 de maio, é chefiada pelo bandido Mauro Sérgio de Souza Feitosa, conhecido como “Maurinho”, atualmente recolhido da Penitenciária Federal em Campo Grande.

Mandado de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão no âmbito da operação foram cumpridos hoje em Dourados. O empresário Marcos Walevein, 47 anos, operador no mercado de criptomoedas, foi preso na casa dele, no Jardim Aline, região norte da cidade.

Outro mandado de busca e apreensão foi cumprido na Vila São Francisco, na região leste. Joias, computadores, dinheiro, duas pistolas automáticas e até um cofre foram apreendidos. Pelo menos R$ 300 mil em espécie foram apreendidos.

Marcos é praticante de tiro e filiado a um clube do ramo em Dourados. Segundo a polícia douradense, as armas são registradas, mas foram apreendidas por suspeita de terem sido compradas com dinheiro ilícito.

Além dos mandados na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, outros três suspeitos foram presos em Sergipe, no Nordeste brasileiro, por equipes do Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) e da Dipol (Divisão de Inteligência) da Polícia Civil.

Segundo a polícia nordestina, desde 2020, pelo menos 20 suspeitos foram presos. “Maurinho”, o chefe da quadrilha, ficou preso na unidade prisional de Abreu e Lima (PE), de onde continuava atuando no tráfico de drogas. Por isso, foi transferido para a Penitenciária Federal de Mato Grosso do Sul.

Trabalho conjunto de policiais de Sergipe e de Pernambuco levou à apreensão de 300 quilos de “skunk”, a chamada “supermaconha”, em 24 de agosto de 2020 em Japaratuba (SE). No litoral nordestino, o quilo de skunk custa pelo menos R$ 15 mil.

Segundo a delegada Mayra Evangelista, a organização criminosa de tráfico de drogas tem ramificação em vários estados. Na manhã de hoje, policiais de vários estados cumpriram mandados contra integrantes da organização acusados de narcotráfico e lavagem de dinheiro.

“A operação resulta não só na apreensão de drogas, identificação de autorias, mas também em prejuízo financeiro aos criminosos, com a apreensão de bens, sequestro de valores e bloqueio de contas”, disse a delegada sergipana.

O trabalho desencadeado nesta quarta-feira encerra série de operações feitas há dois anos pelas polícias de Sergipe e Pernambuco. Não há informações sobre os crimes atribuídos ao empresário douradense.

Xeque-mate – Em setembro de 2020, a organização comandada por Maurinho foi alvo da Operação Xeque-Mate, deflagrada pela Polícia Civil contra alvos em Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, acusados de distribuir skunk no Nordeste do País.

Mauro Sérgio de Souza Feitosa, 37, se intitulava como “rei da maconha skunk” em Sergipe por vender a droga em grande quantidade. No dia 24 daquele mês, ele foi transferido para a Penitenciária Federal de Mato Grosso do Sul.

As investigações apontaram que a sede do grupo estava instalada em Recife (PE), mas a organização tinha ramificações em outros estados. No dia daquela operação, dois integrantes da organização criminosa, identificados como Ladisson Marcel Santos Feitosa, 18, e Márcia Fabiana de Souza Feitosa, 38, foram mortos em confronto com a polícia em Aracaju. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL

Hulk decide e Atlético-MG está nas quartas da Libertadores

ECONOMIA

Petrobras aumenta querosene de aviação em 3,9%

Homem descarrega pistola em academia e fere três pessoas
TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Homem descarrega pistola em academia e fere três pessoas

FUTEBOL

Seleção feminina desembarca na Colômbia para disputar Copa América

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco
ECONOMIA

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

POLÍTICA

Mesa Diretora autoriza pagamento de metade do 13º a servidores

MATO GROSSO DO SUL

Leilão on-line da Sefaz/MS tem quase mil lotes de produtos

JUSTIÇA

COVEP/GMF/MS recebe visita de coordenador do CNJ

PESQUISA

Risco de acidente é maior em rodovia pública, diz estudo

SAÚDE

Covid-19: Brasil registra 74,5 mil casos e 396 mortes em 24 horas

Mais Lidas

DOURADOS

Cinco professores estavam em veículo que se envolveu em acidente no Itahum

DOURADOS

Prefeitura abre concurso com quase 60 vagas com salários que chegam a R$ 8,3 mil

DOURADOS

Cantor é outro envolvido em acidente que deixou feridos entre Dourados e Itahum

CRIME PASSIONAL

Autor de homicídio no Flórida se passou pela própria esposa para atrair vítima e cometer o crime