Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ESTADO

Carreta da Justiça começa atendimento de 2020 na segunda-feira

15 janeiro 2020 - 09h43Por Redação

Alcinópolis será o primeiro município sul-mato-grossense a receber a Carreta da Justiça neste ano. A unidade móvel é descrita como uma miniatura de um fórum prestará atendimentos naquela localidade de 20 a 21 de janeiro. Essas informações constam no calendário instituído pela Portaria nº 1.657/2019.

Publicado no Diário da Justiça de 17 de dezembro, ele detalha ainda que Figueirão também será atendido neste mês, de 23 a 24 de janeiro.

Em fevereiro, Paraíso das Águas vai dispor do atendimento jurídico dias 10 e 11, enquanto Jaraguari terá a Carreta da Justiça em seu território de 13 e 14.

Corguinho terá o atendimento dias 2 e 3 de março, Rochedo em 5 e 6, Paranhos 23 e 24, e Tacuru 26 e 27.

Abril deve transcorrer sem atendimentos e a partir de maio será a vez de Aral Moreira, dias 4 e 5, Antônio João em 7 e 08, Caracol 25 e 26, e Guia Lopes da Laguna 28 e 29.

Ladário receberá a Carreta da Justiça em 22 e 23 de junho, e Bodoquena nos dias 25 e 26 do mesmo mês.

Selvíria será atendida em julho, dias 13 e 14, enquanto Santa Rita do Pardo em 16 e 17.

O calendário prevê que Taquarussu será atendido em 3 e 4 de agosto, e Novo Horizonte do Sul em 6 e 7.

Na Grande Dourados, o primeiro município a receber a Carreta da Justiça em 2020 será Jateí, dias 31 de agosto e 1 de setembro. Em seguida será a vez de Vicentina, em 3 e 4.

A partir de outubro Japorã, dias 19 e 20, e Juti, em 22 e 23, e encerrarão o calendário os municípios de Laguna Carapã, 9 e 10 de novembro, e Douradina, em 12 e 13 do mesmo mês.

Conforme o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), essa unidade móvel tem competência para atuar em processos cíveis, criminais e dos juizados especiais das comarcas ainda não efetivamente instaladas e que a escolha dos municípios e localidades a serem atendidas observa critérios técnicos e conveniência do Poder Judiciário.

A Corte estadual detalha que a Carreta da Justiça é uma miniatura de um fórum: gabinete do juiz, sala para Promotor, Defensor Público, sanitário, uma pequena copa e a varanda na frente para recepção das pessoas, o que totaliza 44 m². “O objetivo da proposta é aproximar o Judiciário da população e dar cidadania às pessoas que nunca tiveram atividade judicial e judiciária em sua cidade”, pontua.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020
BRASIL
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
EDUCAÇÃO
Feira científica de MS abre inscrições para alunos da rede pública e privada de todo o Brasil
REGIÃO
Quatro são autuados pela PMA por pesca ilegal no rio Sucuriú
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta atento a cenário externo
REGIÃO
Barraca de atendimento a suspeitos de Covid-19 é rasgada por vândalos

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem