Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
VERÃO

Calorão deixa cidades de MS no 'top-10' das mais quentes do país

11 março 2020 - 11h12Por Da Redação

Nos últimos dias, Mato Grosso do Sul tem sido uma das regiões mais quentes e secas do País. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a região pantaneira, registrou na última segunda-feira (09.3) temperatura de 39,1°C, seguida de Aquidauana com 37,4°C e Bonito com 37C°. Na terça-feira (10.3) novamente a região de Corumbá ficou entre as dez cidades brasileiras com as mais altas temperaturas, com 38,6°C.

Além do calor, o clima seco também tem atingido maior parte do Estado. A cidade de Costa Rica registrou 20% de umidade do ar na segunda-feira e ficou entre os municípios mais secos do país. Corumbá e Amambai também integram a lista com índices de 21%, e Juti com 22%. Na terça, Amambai seguiu na lista acompanhada de Sidrolândia com 20% e 21%, respectivamente.

Chuva Prevista

Conforme o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) com base no sistema de previsão global NCEP/NOAA, não há previsão de chuva significativa para os próximos dias. Ao menos até o dia 17 de março (terça-feira), o tempo segue firme em todo Estado, e a expectativa é de baixo acumulado, com volume de chuva de 16 milímetros para grande parte de Mato Grosso do Sul. Exceto na região extremo nordeste, onde as chuvas podem chegar a 70 milímetros, porém sem oferecer risco a população.

A partir do dia 18 de março, as chuvas devem retornar gradativamente ao Estado. Neste período, há possibilidade de elevação das chuvas em Mato Grosso do Sul, e os acumulados podem variar entre 30 a 60 milímetros ao longo do período, conforme boletim do Cemtec. “Nas regiões norte e nordeste do Estado, os acumulados poderão ser mais significativos do que nas demais áreas, entretanto ainda não oferece risco a população”.

Umidade do Ar

O tempo seco requer alguns cuidados com a saúde, pois a baixa umidade do ar provoca desconfortos como, ressecamento das mucosas e risco de infecções.

Uma das principais recomendações é manter o corpo hidratado, ou seja, ingerir bastante líquido e também usar cremes hidratantes para amenizar o ressecamento da pele, evitar exposição ao sol entre 10h e 16h, usar protetor solar, óculos de sol e fazer refeições leves. Nos ambientes, use umidificador de ar ou toalha umedecida. Não queime lixo nem provoque queimadas por descuido ou desatenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é encontrado morto com tiro no pescoço em bairro da Capital
BRASIL
Presidente Bolsonaro sanciona lei que amplia uso de assinatura digital
MARACAJU
Polícia apreende mais de 500 quilos de maconha em veículo abandonado
MS
Investigação aponta fazendas onde começou incêndio gigantesco no Pantanal
ANTÔNIO JOÃO
Casal é preso na região de fronteira com 126 quilos de cocaína
UEMS
Publicado Edital da Segunda Edição do Auxílio para Acesso à Internet
CAPITAL
Motorista que levou dois tiros foi atacado em local conhecido como "Buracão"
PARQUE
Ação conjunta vai resgatar animais silvestres na área atingida pelos incêndios
BONITO
Indígenas "fecham" unidade da Funai em protesto contra nomeação
TJ/MS
Justiça permite troca de sobrenome de infantes para homenagear avô

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada