Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
MARATONA DO FOGO

Cadeirante mostra força e superação em maratona

29 julho 2014 - 14h45


Na 28ª edição da “Maratona do Fogo”, tradicionalmente realizada entre Fátima do Sul e Dourados, em um percurso de 42.195 metros, que teve 200 atletas inscritos mais 100 do “Projeto Caminhar” e 50 integrantes do Pelotão do Corpo de Bombeiros de Dourados que atuaram em equipes de revezamentos, fazendo um total de 350 corredores no total, um deles, Wanderley Silva Rosa, demonstrou superação e força para completar a prova.

Cadeirante, o paratleta concluiu o percurso e foi um dos mais aplaudidos pelo público presente, quando cruzou a linha de chegada na avenida Marcelino Pires, frente a praça Antônio João em Dourados.

Com a conclusão da prova, Wanderley Rosa recebeu troféu e medalha e o prêmio de R$ 500.

“Foi uma prova difícil, mas coloquei na cabeça que iria superar a distância e cruzar a linha de chegada”, disse Wanderley Rosa feliz por ter realizado o seu objetivo e agradecendo o incentivo que recebeu das pessoas que estavam as margens da rodovia e na principal avenida de Dourados assistindo a prova que é uma das mais tradicionais do país. “Agradeço as pessoas que me incentivaram durante o percurso e também aos aplausos que recebi quando cruzei a linha de chegada. Espero participar de outras provas nesse ano e se Deus quiser no ano que vem estarei mais uma vez participando da Maratona do Fogo” finalizou ele a reportagem.

ENTRE OS DEZ

Wanderley Rosa está desde 2007 entre os melhores paratletas do país, pois sempre que participa de uma prova mostra na pista uma sequencia de vitória que o coloca como o melhor cadeirante do Mato Grosso do Sul e está entre os dez melhores do Brasil.

O paratleta já participou da São Silvestre onde em uma das provas conquistou o sexto lugar em uma disputa com vinte melhores atletas do país na modalidade.

Wanderlei Rosa já ganhou as provas da Corrida do Trabalhador em Dourados e a dos Correios, duas competições com distância de 10 quilômetros.

O paratleta faz parte do projeto “Cadeirante Sem Limites”, que é coordenado pelo professor de Educação Física Abílio Pietramale.

O projeto colocou Dourados como a cidade do Mato Grosso do Sul que mais tem atletas cadeirantes de pista, com um total de quatro paratletas.

Vale lembrar que à cadeira mais em conta para o paratleta custa em torno de R$ 5 mil, fator este que dificulta em muito o ingresso de outros paratletas na modalidade.

Com isso a criatividade dos cadeirantes em Dourados faz com que as cadeiras são fabricadas pelos próprios paratletas, com um custo médio de R$ 500.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Suspeito de furtar bicicleta é apedrejado e vai parar em hospital
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Aprovada isenção de IR para aposentados com sequelas de covid-19
Mulher ganha R$ 50 mil no Nota Premiada com recibo do enterro do pai
Mulher ganha R$ 50 mil no Nota Premiada com recibo do enterro do pai
SAÚDE
Preso, Roberto Jefferson vai passar por cirurgia de cateterismo
CAPITAL
Após ser acusado de roubo, homem tenta matar mulher a facada
ONLINE
UEMS realiza palestra sobre 'Leitura e Literatura para bebês e crianças'
CAPITAL
Família faz vaquinha de R$ 21,9 mil para cirurgia de bebê de 8 meses
ASTRONOMIA
Entenda o que é equinócio, fenômeno que dá início à primavera
MARACAJU
Padrasto foge após menina contar a amiga da família que era estuprada
JUDICIÁRIO
Plataforma no portal do TJ/MS facilita busca de veículos apreendidos

Mais Lidas

DOURADOS
Vizinhos sentem mau cheiro e idoso é encontrado morto no Novo Horizonte
PEDRO JUAN CABALLERO
Adolescentes desaparecidas na fronteira são localizadas
FRONTEIRA
Adolescentes brasileiras estão desaparecidas desde o último sábado
DOURADOS
Maconha apreendida em barracão usado como entreposto do tráfico pesou mais de 1,5t