Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ARTIGO

Cada criança é única e precisa de um PEI - Plano Educacional Individual

11 novembro 2020 - 09h21Por Denise Caramori

Toda escola tem um currículo para ser seguido durante o ano letivo, com todas as disciplinas e tudo o que envolve o conteúdo daquele ano da criança na escola. Quando se trata de uma criança em educação especial, quando a escola tem um educando com uma necessidade educacional especial, é preciso que a escola desenvolva o que chamamos de PEI - Plano de Educação Individual, porquê? 

Por que, em razão de alguma patologia ou transtorno específico, a criança com necessidades especiais pode encontrar dificuldade em acompanhar a turma em que ela esta sendo matriculada, necessitando de suporte para realizar as atividades propostas. Bom, como é que eu vou saber disso? Sabemos que, cada criança é diferente da outra, não temos um formato de criança, cada indivíduo é único. Então o primeiro passo da escola que recebe a criança é realizar uma boa entrevista inicial com a família, para saber quem é esta criança, saber um pouco sobre a sua família, e se ela possui ajuda de profissionais/terapeutas que à acompanham, para entender as suas peculiaridades, sempre, levando em conta suas potencialidades.

A Coordenação Pedagógica da escola é a primeira a ter contato com a família e com a equipe multidisciplinar que trabalha com a criança, Neurologista, Psicólogo, Fonoaudióloga, Psicopedagoga, para entender qual a linha de trabalho que esta sendo desenvolvida. Assim, é possível aos Professores junto à Coordenação, delinear qual a dificuldade que a criança pode encontrar no conteúdo proposto, e ter uma ideia do quanto ela já aprendeu, e tudo o mais que ela precisa aprender daqui para frente.

O que vamos fazer no PEI, é pegar o conteúdo e fazer uma ponte para o que efetivamente vai ser aplicado. A criança entra na escola para interagir, socializar, para estabelecer uma rotina, e aprender, este aprendizado vai melhor acontecer se a criança se sentir pertencendo, olhada com respeito.

Não existe teoria ou curso nesse mundo, capaz de nos preparar para as infinitas aprendizagens que o convívio com uma criança com necessidades especiais nos proporciona. Estudamos, lemos sobre as limitações e no final das contas, nossos professores estão diante dos nossos olhos, são elas, que nos surpreendem a cada dia, precisamos respeitar o ritmo de aprendizado de cada uma delas, por isso tão importante que o PEI seja desenvolvido, os pais podem se informar sobre ele na escola.  

Criança com necessidades especiais precisam ter um trabalho adaptado para as habilidades delas naquele momento, isso é muito importante, principalmente já no primeiro ano da educação infantil. É preciso ter um olhar diferenciado, existem várias formas de fazer a adaptação do conteúdo pedagógico e várias formas de avaliar a criança, então, a elaboração do PEI já começa no ato da matrícula. É preciso confiar na escola, conhecer a sua metodologia de ensino e verificar a sua disponibilidade de adaptação de material, que deve ser feita caso haja à necessidade. Dá trabalho, é um dia após o outro, trabalhar com crianças é arregaçar as mangas e entender que cada uma delas tem o direito de uma atenção individual, com respeito, empatia e amor.

*Psicopedagoga/Terapeuta  - Equoterapeuta/Equitadora -  denicaramori@hotmail.com
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano
DOURADOS
Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano
Os ganhos e as perdas do avanço tecnológico
ARTIGO
Os ganhos e as perdas do avanço tecnológico
Sanesul alerta para possível falta de água em bairros
DOURADOS
Sanesul alerta para possível falta de água em bairros
Trabalho remoto foi mais recorrente para quem tinha curso superior
PANDEMIA
Trabalho remoto foi mais recorrente para quem tinha curso superior
Rebeca é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica
ESPORTE
Rebeca é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica
BRASIL
União deve fornecer medicamento à portadora de doença no sistema sanguíneo
DOURADOS
Cemitérios municipais só podem receber limpezas particulares até a véspera de Finados
SUÇUARANA
Pesquisadores confirmam presença de onça parda na zona oeste do Rio
CAPITAL
Horta social custeada pelo TJMS venderá sua produção para grande rede varejista
MS
Justiça Federal autoriza afastamento e pagamento de salário-maternidade a gestantes na pandemia

Mais Lidas

TRÁFICO
Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados
PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia