Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99659-5905
MATO GROSSO DO SUL

Bombeiros recebem kits para atender eventuais vítimas de coronavírus

03 março 2020 - 12h50Por Da Redação

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul vem se preparando para atender eventuais vítimas do 2019-nCov, popularmente conhecido como coronavírus. Após a propagação da doença em diversos países, a corporação ganhou reforço com kits de proteção para os militares, sobretudo, para que possam atender de forma correta os casos suspeitos da doença no Estado.

Conforme o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Joilson Amaral, todas as viaturas de resgate já estão equipadas com os kits. “Eles são padronizados pelo Ministério da Saúde. Neles há jaleco, máscaras, luvas e óculos de proteção. Nos casos suspeitos e que necessitar de atendimento, os militares poderão se equipar, colocando-os por cima da farda. Desta forma conseguimos prevenir nossas equipes de emergência e garantir o atendimento à vítima”.

Além disso, o Corpo de Bombeiros também baixou normas em que faz recomendações de segurança aos militares para atendimento de eventuais casos. A orientação é que a guarnição tome medidas de precaução padrão, evitando assim, contato direto com o paciente, bem como com secreções e gotículas. A pessoa que for atendida também precisará usar máscara cirúrgica e luvas.

Aliados importantes, os militares que realizam o atendimento por meio do 193 terão a responsabilidade de ficarem atentos quanto às solicitações de emergência clínica. Durante o atendimento, deverão observar se o caso pode ou não ser suspeito da doença. Pessoas vindas da China, de países em que há registro da doença, ou ainda que apresentarem febre e sintomas respiratórios poderão ser consideradas suspeitas.

Previna-se

Os sinais e sintomas clínicos do novo coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais sinais e sintomas são: febre; tosse; dificuldade para respirar.

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão: evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas; realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Recomenda-se ainda, manter os ambientes bem ventilados; evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença; evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais três municípios solicitam à Assembleia reconhecimento de estado de calamidade
BRASIL
AGU pede ao STF que União defina aplicação de recursos da Lava Jato
MATO GROSSO DO SUL
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
BRASIL
Diabetes afeta rotina familiar de 80% dos pacientes, diz pesquisa
CAMPO GRANDE
Mulher é multada por atear fogo em resíduos no quintal
BRASIL
Indenização para profissional da saúde afetado por covid-19 é aprovada
MS
MPT solicita inspeção em frigoríficos para verificar medidas sanitárias diante de pandemia
CORUMBÁ
Suspeito de matar dona de restaurante é preso em motel
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após atingir R$ 5,45
RESSOCIALIZAÇÃO
Estado lidera ranking de políticas positivas voltadas a presas

Mais Lidas

DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem
BARBÁRIE
Vizinhos relatam frieza de atirador que ainda voltou para conferir se ex estava morta
CRIME BÁRBARO
Atirador que matou ex-mulher e feriu crianças fez outras vítimas antes de se suicidar
DOURADOS
Polícia vai à casa onde atirador começou noite sangrenta e identifica testemunhas