Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

Bolsa Atleta federal contempla 93 atletas de Mato Grosso do Sul

03 janeiro 2020 - 09h21Por Da Redação

Mato Grosso do Sul terá neste ano 93 atletas contemplados com a Bolsa Atleta federal, conforme a lista divulgada pelo Ministério da Cidadania, com os nomes dos 6.248 beneficiados pelo Programa em todo o País.

Segundo informou o Governo Federal, o investimento total será de R$ 84,2 milhões. Dos selecionados pelo edital nº 2/2019, 4.248 são de modalidades olímpicas e 1.134 de modalidades paralímpicas. Ao todo, são cinco categorias de bolsa: Atleta de Base (R$ 370), Estudantil (R$ 370), Nacional (R$ 925), Internacional (R$ 1.850) e Olímpica/Paralímpica (R$ 3.100).

O Bolsa Atleta do Governo Federal é considerado o maior programa do mundo de patrocínio direto ao atleta. Desde a implantação, em 2005, foram concedidas mais de 69,5 mil bolsas para 27 mil atletas brasileiro. O valor destinado para a política pública ultrapassa R$ 1,2 bilhão.

O Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), permite que os beneficiados pela Bolsa Atleta estadual também recebam auxílio financeiro do programa federal. Os atletas sul-mato-grossenses contemplados com a Bolsa Atleta da Secretaria Especial do Esporte, órgão vinculado ao Ministério da Cidadania, podem ser selecionados pelo programa estadual da Fundesporte na categoria Pódio Complementar.

Segundo o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, o objetivo é fazer com que atletas de alto rendimento permaneçam em Mato Grosso do Sul. “Nós estávamos perdendo estes atletas para outros estados, por uma ajuda de custo muito pequena. Nós ampliamos a Bolsa Atleta estadual para incentivar nossos atletas a continuarem representando Mato Grosso do Sul e tem dado resultado. É uma forma de valorizarmos nossos atletas de alto rendimento e oportunizar que continuem em seu local de origem”.

Para 2020, o governador Reinaldo Azambuja já anunciou que dobrará o investimento nos programas Bolsa Atleta e Bolsa Técnico. De R$ 1,36 milhão, o valor do repasse passará a ser de R$ 2,8 milhões, possibilitando que mais desportistas de destaque continuem a treinar no Estado. “Queremos que eles fiquem em Mato Grosso do Sul, ao lado do técnico formador e do aconchego familiar, e continuem representando nosso Estado no cenário nacional”, finaliza Miranda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Bombas flutuantes são ativadas para garantir abastecimento de água em Corumbá
ECONOMIA
Economistas defendem investimentos públicos e taxação de ricos
INCENTIVO
Em segunda edição do programa, UEMS concede 711 auxílios para acesso à internet
POLÍCIA
Idoso é encontrado morto em valeta na região central de Itaporã
DOURADOS
Em MS, interessados em adquirir imóvel podem ter desconto no valor da entrada
ESPORTE
Vasco empata com Bragantino e entra, provisoriamente, no G4
PANDEMIA
Governo aposta que ‘Rastrear’ vai diminuir taxa de contaminação do coronavírus em MS
CONSUMIDOR
Após denúncias, Procon autua seis agências bancárias
PANDEMIA
Em um mês, mais de 5 mil aulas para primeira habilitação foram realizadas de forma online em MS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Comissão mista se reúne para ouvir formuladores das propostas de reforma tributária

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete