Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
INVESTIMENTOS

Azambuja reforça a Padilha pedido de liberação de recursos do FEX e da Saúde

08 dezembro 2017 - 15h45

Em mais uma agenda em Brasília (DF), na noite dessa quarta-feira (6.12), o governador Reinaldo Azambuja se encontrou com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, para reforçar o pedido de liberação de recursos do Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) para Mato Grosso do Sul. A demanda foi tratada em conjunto com os governadores de Mato Grosso, Pedro Taques, e de Goiás, Marconi Perillo.

Conforme o governador, o último reembolso do FEX para Mato Grosso do Sul ocorreu em outubro de 2016, mas em montantes que não compensaram integralmente as perdas.

Para Reinaldo Azambuja, o valor de apenas 5% das operações externas por período é um tratamento injusto dado o esforço exportador de estados e municípios. Considerando esse reembolso ínfimo, o débito acumulado pelo FEX nos últimos sete meses soma R$ 80 milhões.

O FEX foi criado para compensar os estados pelas perdas com a Lei Kandir, que isenta de ICMS produtos de exportação. O recurso desse Fundo é repassado todos os anos pelo Governo Federal aos estados.

Outro assunto tratado no encontro com Padilha foi a liberação de recursos para a Saúde sul-mato-grossense, que somam R$ 45 milhões. O montante, já acertado com o Governo Federal, será utilizado na aquisição de equipamentos e de custeios de hospitais da rede pública.

Do montante, R$ 30 milhões serão usados para equipar hospitais de Três Lagoas, Corumbá, Dourados e Campo Grande (Hospital do Trauma e Hospital de Câncer), e o restante para o custeio das unidades públicas de saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA
Mourão contraria Bolsonaro e diz que governo comprará vacina chinesa
JUSTIÇA
Salão deve indenizar cliente por serviço que causou calvície parcial
CAMPO GRANDE
Motorista de guincho denuncia transporte de carros roubados e 2 são presos
CLIMA FRESCO
Feriado prolongado em Dourados terá temperaturas amenas e máxima até 26°C
AGRONEGÓCIO
Em Dourados, ministra diz que MS é 'locomotiva' do Brasil
COTAÇÃO
Dólar tem queda nesta sexta, mas fecha outubro em alta de 2,13%
CRIME AMBIENTAL
PMA e Imasul orientam condutores sobre descarte de lixo em rodovias
LOTERIA
Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 52 milhões amanhã
INFORME PUBLICITÁRIO
Uma nova fase da sua vida começa aqui
CONCLUSÃO
Investigação aponta falha de piloto em acidente aéreo que matou cantor nascido em MS

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização