Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
RESGATE

Autoridades decidem retirar do rio barco que naufragou

28 setembro 2014 - 13h50

G1 MS

Em reunião realizada na manhã deste domingo (28) na Agência Fluvial de Porto Murtinho, a 443 quilômetros de Campo Grande, autoridades brasileiras e paraguaias decidiram que vão retirar do rio Paraguai, no Pantanal, o barco-hotel “Sonho do Pantanal”, que naufragou na quarta-feira (24). Das 26 pessoas a bordo, 12 conseguiram escapar, três estão desaparecidas e outras 11 morreram, já tendo os corpos encontrados.

Na reunião, que contou com a presença de representantes da Marinha do Brasil, da Armada do Paraguai, do Corpo de Bombeiros, do Consulado Paraguaio, da prefeitura de Porto Murtinho e da colonia Carmelo Peralta (Paraguai), entre outros órgãos e instituições, ficou definido, já que a embarcação afundou e está em águas territoriais do Paraguai, que será o governo paraguaio o responsável pela operação de retirada.

Os participantes apontaram que o governo paraguaio deverá contratar uma empresa do país, que tem uma embarcação própria para esse tipo de resgate e que está ancorada em Assunção, para fazer a retirada. Outra opção citada na reunião, seria o governo paraguaio ou a empresa do país vizinho contratar os serviços de uma embarcação brasileira, que está em Porto Murtinho para fazer o trabalho. Essa definição e a data de quando o barco-hotel naufragado deverá ser retirado do rio deverão ocorrer, entretanto, somente nos próximos dias.

Segundo o capitão-tenente da Agência Fluvial de Porto Murtinho, Alexandre Brandão da Silva, a embarcação paraguaia está a cerca 17 metros de profundidade no rio.

Buscas

Neste domingo as autoridades brasileiras suspenderam as buscas realizadas por mergulhadores na embarcação naufragada, em razão da condição e localização do barco oferecerem riscos aos profissionais. O trabalho foi realizado na superfície, sendo percorridos pelas equipes cerca de 70 quilômetros no leito do rio, do local do naufrágio até o encontro com o rio Apa.

Acidente

O naufrágio do barco-hotel aconteceu na tarde de quarta-feira (24), quando os turistas retornavam do último dia de pesca. Há poucos minutos de atracar, a aproximadamente 100 metros do cais, a embarcação foi atingida por um tornado e virou.

O acidente ocorreu por volta das 17h30 (de MS), quando ventos chegaram a 93 km por hora no município. Este é o segundo naufrágio em dois dias no rio Paraguai em Mato Grosso do Sul. Na terça-feira (23), uma embarcação da Armada Oficial Boliviana naufragou com 29 pessoas a bordo. Dois corpos foram encontrados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Procon/MS defende PIX e alerta consumidor não cair em golpes
Tronco de árvore em carreta "escondia" cocaína avaliada em R$ 28 milhões
ELDORADO
Tronco de árvore em carreta "escondia" cocaína avaliada em R$ 28 milhões
GERAL
Ministro Dias Toffoli participa de evento no TRE/MS nesta sexta-feira
BENEFÍCIO
Projeto na Fazenda Experimental da UFGD abre seleção para bolsista
CAMPO GRANDE
Conferência Regional de Assistência Social acontece a partir desta quinta
CAPITAL
Homem é assassinado a tiros na frente de condomínio
TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
RIO VERDE
Acusado de incendiar casa com a ex-mulher dentro é preso
MUDANÇAS NOS RELÓGIOS
Com crise hídrica, governo pede novo estudo sobre horário de verão
CAPITAL
Operação mira Facção Criminosa e cumpre mandados em presídio

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central