Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
TROCA DE TIROS

Assaltantes de tabacaria morrem em confronto com a polícia na Capital

14 janeiro 2016 - 12h46

Os assaltantes Rafael Silvestre da Cruz, 35 anos, e Hernandes Dias da Silva, 21, morreram em confronto com policiais militares do Batalhão de Choque (BPChoque), na madruga desta quinta-feira, dia 14 de janeiro, na casa onde estavam escondidos na Rua Lino Bo Bardi, no Bairro Vida Nova, em Campo Grande. Segundo a polícia, os dois recém haviam assaltado uma tabacaria, localizada no Bairro Nova Lima. Na ação, eles levaram um veículo VW/Gol, telefones celulares, dinheiro e outros pertences do casal de proprietários.

De acordo com informações do subcomandante do Choque, major Marcos Pollet, a dupla foi encontrada depois de Cleberson de Souza Silva, 19 anos, ser flagrado ''passeando'' com o Gol roubado, no Bairro Noroeste. Ao receber ordem para parar, fugiu. Houve perseguição e Cleverson se entregou depois de policiais atirarem no pneu de trás do veículo.

Segundo o jornal Correio do Estado, o rapaz admitiu que sabia da procedência do automóvel e havia pegado emprestado com Rafael e Hernandes para ''dar um rolê”. Ele indicou o endereço onde os assaltantes estavam, e, no imóvel, no Vida Nova, houve troca de tiros que acabou com Hernandes e Rafael mortos.

Conforme o major Pollet, policiais se identificaram ainda do lado de fora e, ao perceberem movimentação suspeita dentro do imóvel, decidiram invadir. Hernandes os recebeu com quatro tiros. Policiais revidaram e o acertaram no abdôme. Rafael estava escondido em um quarto e quando militares se aproximaram ele também atirou e acabou baleado também na região da barriga.

Ambos foram levados para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Nova Bahia e, por causa da gravidade, dos ferimentos foram transferidos para a Santa Casa da Capital, onde morreram. Duas armas, sendo uma pistola calibre 22 e revólver calibre 38, foram apreendidas.

Sobre o episódio, o major foi enfático. “Nosso objetivo não é matar. Reagimos porque atiraram em nós. O desfecho depende do comportamento do criminoso”, garantiu Pollet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Câmara recebe representantes do Sindicato dos Contabilistas nesta quarta
Previsão de pancadas de chuva e máxima de 29°C nesta quarta
DOURADOS
Previsão de pancadas de chuva e máxima de 29°C nesta quarta
FUTEBOL
Atlético Mineiro vence Santos e sobe na tabela do Brasileiro
CAMPEONATO BRASILEIRO
Palmeiras e Vasco ficam no empate no Allianz Parque
BRASIL
Governo impede entrada de estrangeiros no país por terra e água
BALANÇO
TST fechou 2020 com mais processos julgados que em 2019
EDUCAÇÃO
Curso de Psicologia promove palestra on-line para tirar dúvidas dos recém-formados
REUNIÃO
Petrobras elege novo Diretor de Refino e Gás Natural
216 VAGAS
Fiems inaugura Edifício Garagem para atender unidades do Sesi e Senai na Capital
CULTURA
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021

Mais Lidas

ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
TEIXEIRA
Ex-primeira-dama morre cinco dias após o marido em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro