Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
OUTRA LEI APROVADA!

Aprovada inclusão da tipagem sanguínea em documentos

20 setembro 2017 - 14h05

O Projeto de Lei (PL) 177/2017, de autoria do deputado estadual Cabo Almi (PT), que dispõe sobre a obrigatoriedade da informação da tipagem sanguínea e do fator Rh na emissão do documento de identificação de recém-nascidos e seus pais, por meio de certidão fornecida por hospitais e maternidades do Estado, públicas e privadas, em até 48 horas após o parto, foi aprovada durante sessão nesta quarta-feira (20).

A proposta, aprovada em 1ª discussão, recebeu voto contrário do deputado Dr. Paulo Siufi (PMDB). Hoje, a realização de exames para detecção de doenças já é obrigatória em todas as maternidades. Informar o tipo de sangue (A, B, AB, O) e o fato Rh (positivo e negativo), conforme Cabo Almi, é fundamental para descobrir se a criança terá algum problema de saúde em decorrência de incompatibilidade sanguínea com a mãe.

"Também é importante em casos de emergência médica e para evitar casos de troca ou desaparecimento de recém-nascidos nos hospitais e maternidades, pois impedirá falsificação documental", explicou o autor do projeto.

Em discussão única, foi aprovado o PL 173/2017, do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação Social de Esporte e Cultura, com sede e foro no município de Bataguasu.

Comunicação sobre concursos públicos

Por fim, foi aprovado em redação final o PL 88/2016, do Poder Executivo, revogando as leis 1623/1995 e 3734/2009, que obrigam entidades organizadoras de concursos públicos, destinados aos provimentos de cargos da administração pública estadual, a enviar carta com Aviso de Recebimento (AR) aos candidatos em todas as etapas do processo seletivo. O Estado já adota a regra de disponibilizar e dar ciência das fases concursais em sítio eletrônico específico e no Diário Oficial.

Para garantir a efetiva disponibilização de comunicações nas fases dos concursos, bem como nomeações e convocações, o deputado Amarildo Cruz (PT) apresentou Emenda Aditiva para que os avisos sejam realizados por e-mail e via SMS para os celulares informados no ato da inscrição. A proposta também foi aprovada.


Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Prefeitos de MS defendem adiamento das eleições para 2022
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões amanhã
PANDEMIA
Após policiais testarem positivo para o coronavírus, delegacias são fechadas para desinfecção
NOVO ÓBITO
Saúde de Mato Grosso do Sul confirma 18ª morte por coronavírus
TRÁFICO
Mais de 700kg de maconha são apreendidos em fundo falso de caminhão
DOURADOS
PM de Dourados terá novo comandante após operação do Gaeco
DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Testes de coronavírus passam a ser diários no drive-thru em Dourados
ARTIGO
Seja como um bom soldado!
BRASIL
Barroso recebe presidentes da Câmara e do Senado para discutir eleição

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h