Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
LEGISLATIVO DE MS

Aprovada alteração no Estatuto dos Profissionais da Educação Básica

13 outubro 2020 - 12h05Por Da Redação

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) aprovou em primeira discussão, na sessão ordinária desta terça-feira (13), o Projeto de Lei Complementar 5/2020, do Poder Executivo, que altera a redação e acrescenta dispositivos na Lei Complementar 87, de 31 de janeiro de 2000, que dispõe sobre o Estatuto dos Profissionais da Educação Básica do Estado.

O texto aprovado traz mudanças nas atribuições, estrutura e organização de cargos e carreiras, níveis de habilitação, concessão da progressão funcional, carga horária, promoção funcional, sistema, verbas indenizatórias, entre outras.

Em reunião realizada no início desse mês, o presidente da Comissão de Educação da Casa de Leis, deputado Pedro Kemp (PT), explicou que as negociações entre profissionais e o Governo do Estado ocorreram ao longo de cinco anos e o projeto atende o anseio da categoria.

“Chegamos no entendimento que, além desse projeto, com a transformação de salário em subsídios e integralizar a lei do piso salarial para 20 horas, também houve um compromisso em realizar concurso público para efetivar o maior número de professores temporários, ponto fundamental para a garantia da qualidade da educação”, ressaltou Kemp.

Também foi aprovado em primeira discussão, o Projeto de Lei 139/2020, que dispõe sobre a garantia das instituições de ensino público e privado de Mato Grosso do Sul fornecerem diploma impresso em sistema Braille para alunos com deficiência visual na conclusão do ensino fundamental, médio e superior.

Em segunda discussão, foram aprovadas duas matérias do Poder Executivo. O Projeto de Lei 117/2020 cria o Fundo Estadual de Estruturação e Aperfeiçoamento de Parcerias (Feep). E o Projeto de Lei 145/2020 trata da venda direta de imóveis objeto da Regularização Fundiária Urbana de Interesse Específico (Reurb-E), de propriedade do Estado e das entidades da Administração Indireta vinculadas.

Por fim, em redação final, foi aprovado o Projeto de Lei 146/2020, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), que altera o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, visando modernizar normas de gestão dos recursos humanos da Corte de Contas e incorporando ao texto da Lei 3.877 a definição das atribuições básicas dos cargos efetivos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em 2021, Guarda recuperou 47 celulares com registros de furto, roubo ou extravio
REGIÃO
Em 2021, Guarda recuperou 47 celulares com registros de furto, roubo ou extravio
Após fingir ser PF, homem é preso por porte de arma, furto e ameaça
REGIÃO
Após fingir ser PF, homem é preso por porte de arma, furto e ameaça
Estudo italiano: só muito idosos ou doentes vacinados morrem de covid
Estudo italiano: só muito idosos ou doentes vacinados morrem de covid
Casos ilustrativos da Medicina da Alma serão abordados nesta quarta na 7ª Semana Espírita
DOURADOS
Casos ilustrativos da Medicina da Alma serão abordados nesta quarta na 7ª Semana Espírita
Homem é autuado em R$ 9 mil por incêndio em vegetação
MIRANDA
Homem é autuado em R$ 9 mil por incêndio em vegetação
ANAURILÂNDIA
Motorista de ônibus escolar é preso por estuprar menina de 12 anos
DOURADOS
No improviso, skatistas usam árvore derrubada por vendaval como rampa; veja o vídeo
DOURADOS
Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
PANDEMIA
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
AGRONEGÓCIO
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada