Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Após ter bicicleta furtada, professor é surpreendido por 'vaquinha' de alunos

13 janeiro 2020 - 21h05Por G1

Éder Carrilho se considera um cara alto astral. Professor de treinamento funcional em uma academia de Campo Grande, ele é um grande incentivador da atividade física. Tudo poderia ter mudado, porém, quando, há pouco menos de um mês, Éder teve uma bicicleta, que usava como principal meio de transporte para a academia, furtada da casa da avó.

Ficar se lamentando? Não era com ele. "Fiquei muito triste no dia, mas, como sempre, não desanimei, ergui a cabeça e coloquei como meta para este ano de conseguir comprar outra", conta o professor, que saiu de férias da academia pouco depois do fato, compartilhado com os alunos de funcional.

Na volta do descanso, uma grata surpresa ao professor: os alunos pediram para ele realizar um "aulão", uma espécie de aula fora da rotina, como trilhas e outras atividades físicas fora da academia, no fim de semana seguinte à volta dele. "Topei na hora, pois é o que amo fazer!", explicou o animado Éder.

Como os "aulões" eram recorrentes na turma de treinamento funcional, o professor nem desconfiava que estava prestes a receber um belo presente. O encontro foi marcado para o último sábado, dia 11 de janeiro, e Éder foi surpreendido com a quantidade de alunos que compareceram. "Que legal, pessoal animado pro começo do ano!", pensou.

Porém, a presença em grande número era por outro motivo. Um dos alunos pediu a palavra e começou a contar a ação deles para o professor: uma vaquinha para angariar fundos e poder dar uma nova bicicleta para ele. Iniciativa de um casal de alunos, abraçada por todos os outros integrantes da turma. No total, foram R$ 2.500,00 arrecadados.

"O que me deixou mais feliz não foi o valor, mas a iniciativa, a intenção que todos tiveram para me ajudar, me ver feliz. Nem um cheque de um milhão de reais teria mais valor do que isso. Foi uma sensação tão boa que nem tenho palavras para expressar ou medir a gratidão por cada um deles", afirma o emocionado professor

Éder ainda não comprou a nova bicicleta, que deve ser adquirida em breve. Assim, ele poderá voltar a usar este meio de transporte para continuar fazendo o que ama: motivar as pessoas a praticarem atividade física. "Só posso agradecer a Deus por tudo que aconteceu na minha vida. São os alunos que me dão forças para acordar todo dia e dar o melhor na minha profissão. Quero transformar vidas, ajudar as pessoas e espero cada dia mais contribuir para isso", finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020
BRASIL
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
EDUCAÇÃO
Feira científica de MS abre inscrições para alunos da rede pública e privada de todo o Brasil
REGIÃO
Quatro são autuados pela PMA por pesca ilegal no rio Sucuriú
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta atento a cenário externo
REGIÃO
Barraca de atendimento a suspeitos de Covid-19 é rasgada por vândalos

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem