Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Após pedido do MPE, Justiça bloqueia R$ 2,5 mi de ex-prefeito

30 setembro 2017 - 07h45Por Da Redação

Por suposto enriquecimento ilícito, o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) teve os bens bloqueados ontem, no total de R$ 2.568.000,00, após pedido feito pelo MPE (Ministério Público Estadual) na semana passada. 

A decisão atendeu solicitação do promotor Marcos Alex Vera  da 30ª Promotoria do Patrimônio Público.

Conforme o jornal Correio do Estado, na ação foi apurada a desproporcionalidade na aquisição de imóvel milionário com o patrimônio e rendas informados por Bernal ao Fisco. 

Além do bloqueio de bens, Marcos Alex  pediu a aplicação de multa civil no valor de R$ 1,9 milhão e a suspensão dos direitos políticos de oito a 10 anos. No entanto, o juiz autorizou apenas a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito.

Ainda conforme o Correio do Estado, o processo de improbidade administrativa trata, em suma, da compra de apartamento no Condomínio Edifício Parque das Nações por R$ 1,5 milhão, quando na verdade o custo dele seria de aproximadamente R$ 2,5 milhões.

No entanto, nas declarações de bens de Bernal  feitas à Justiça Eleitoral em 2010, o imóvel que ele possuía no Jardim Paulista estava avaliado em R$  R$ 103.676. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tio e adolescente são encontrados, mas criança continua desaparecida
CAMPO GRANDE
Tio e adolescente são encontrados, mas criança continua desaparecida
COVID-19
STF julgará ações sobre plano de vacinação do governo no próximo dia 17
REGIÃO
UFGD prorroga as inscrições do Vestibular da Educação a Distância
FUTEBOL
Fifa anuncia que Mundial de Clubes de 2021 será no Japão
CAPITAL
Mulher tem arma empurrada contra o pescoço durante assalto
JUSTIÇA
Autor de agressões que vitimaram jovem deve indenizar família da vítima
GOLPE
Homem perde cerca de R$ 19 mil ao tentar comprar carro pela internet
PRESIDÊNCIA
Mourão diz que parte dos assessores de Bolsonaro distorce fatos
BR-381
Ônibus irregular cai de viaduto e deixa 14 mortos em Minas Gerais
FUTEBOL
TJD/MS atende pedido do Comercial e suspende semifinal do Estadual

Mais Lidas

DOURADOS
Novo decreto não autoriza horário estendido do comércio em dezembro
TRÊS LAGOAS
Mãe vê menina com vizinho ao chegar do trabalho e descobre estupro
ECONOMIA
Pessoas que receberam auxílio emergencial irregular serão cobradas por SMS
PANDEMIA
Com novo óbito, Dourados confirma sexta morte por Covid em quatro dias