Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
TRAGÉDIA EM PORTO MURTINHO

Apoio nacional pode ser solicitado para retirar barco e vítimas de fundo do rio

26 setembro 2014 - 10h48

Thalyta Andrade

A equipe que trabalha no resgate das vítimas do naufrágio ocorrido na quarta-feira, em Porto Murtinho, na região Sudoeste do Estado, pode ter de pedir reforço nacional caso se faça necessário retirar a embarcação do fundo do Rio Paraguai. O barco-hotel ‘Sueño do Pantanal’ está naufragado a 17 metros de profundidade.

O acidente deixou até o momento três pessoas mortas e 10 desaparecidas. A equipe de resgate formada por mais de 50 pessoas trabalha para localizar corpos, já que a principal hipótese é de que as vítimas desaparecidas tenham ficado presas dentro da embarcação. Dois corpos de dois homens de 59 anos foram encontrados ontem à tarde dentro do barco. A terceira vítima foi encontrada, ainda no dia do acidente, às margens do rio.

“Nosso primeiro foco é retirar os corpos que possam estar presos dentro da embarcação. Em um segundo momento, mais para frente, caso isso se faça necessário, podemos sim trabalhar com a possibilidade de retirar a embarcação do fundo do rio. No entanto, teríamos de analisar como isso seria feito, porque temos a ideia, mas não dispomos de recursos técnicos e condição operacional, até porque se trata de uma embarcação grande”, explicou o major do Corpo de Bombeiros, Alexssander dos Santos Trindade, que comanda a operação de resgate, admitindo que pode ser necessário apelar, futuramente, para um apoio de equipe especializada.

O trabalho de resgate foi retomado no início da manhã desta sexta-feira. Até o presente momento, já foram resgatados três corpos, e as vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Sidnei Romano, 35, Leandro Donizeti Alves e Antônio Moacir Pontello, ambos de 59 anos. Todos eram naturais do Estado do Paraná.

A TRAGÉDIA

O grave acidente aconteceu após a passagem de uma forte corrente de vento de mais de 90 km/h, segundo levantamento divulgado pelo Cemtec/MS (Centro de Monitoramento do Tempo, Clima, e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul). No barco-hotel ‘Sueño do Pantanal’, estavam 27 pessoas (16 turistas e 11 tripulantes).

13 pessoas foram resgatadas às margens do rio e passam bem. 10 continuam desaparecidas. A operação de resgate no Rio Paraguai envolve 14 mergulhadores, 21 militares do Corpo de Bombeiros de Porto Murtinho, Dourados e Jardim, 15 militares da Marinha Brasileira, e também militares da Armada Paraguaia e da Marinha Paraguaia, que prestam apoio.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Traficante tenta transportar droga em bolsas e acaba preso em Ponta Porã
REGIÃO
Traficante tenta transportar droga em bolsas e acaba preso em Ponta Porã
INCLUSÃO
Dourados realiza "I Semana Municipal da Pessoa Surda: Cultura e Diversidade"
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
FIM DA FILA
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
TURISMO
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
SOLENIDADE
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
DOURADOS 
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
DOURADOS
Motivo de reclamações, parquímetro vira alvo de investigação pelo Ministério Público
NOVA ANDRADINA
Homem toca festa de aniversário, incomoda vizinhança e vai parar na delegacia
FOMENTO
Governo reabre inscrições do Programa "Incentiva+MS Turismo"
MATO GROSSO DO SUL
Saúde vai propor mutirão de sete dias para aplicar 275 mil doses contra Covid

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina