Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MS-395

Ambiental encontra tatu de 36 quilos atropelado em rodovia

11 outubro 2017 - 08h00Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu receberam na segunda-feira (9) um tatu-canastra. O animal, que está na lista brasileira de espécies em extinção, estava sendo socorrido por populares, em virtude de ter sido encontrado atropelado na rodovia MS 395, porém, chegou ao quartel já sem vida.

O animal, que pesa 36 kg, foi congelado e será recolhido para Campo Grande e será taxidermizado (empalhado) para ser utilizado em trabalhos de Educação Ambiental, em uma oficina denominada museu de fauna.

O tatu-canastra é o maior e mais raro dos tatus vivos atualmente no país. Pode medir mais 1 metro de comprimento, com mais de 50 cm de cauda e pesar até 60 kg.

Ele habita os campos e cerrados de todo o Planalto Central do Brasil e floresta amazônica. Animais de hábitos noturnos são encontrados na vizinhança de riachos e lagoas, tendo a fêmea de 1 a 2 filhotes por parição. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

"AGORA VIREI BOIOLA"
Partido e ativistas pedem que MP investigue Bolsonaro por fala homofóbica
BENEFÍCIO
INSS inicia pagamento de diferenças do auxílio-doença a segurados
SIDROLÂNDIA
Possível tarado da bicicleta é preso pela Polícia Militar
ELEIÇÕES
TRE/MS inicia carga e lacração das urnas no dia 1º de novembro
MEIO AMBIENTE
Ambiental prende e autua pescador e apreende barco e motor de popa
UEMS
Inscrições para o curso “Brincar na Educação Infantil” estão prorrogadas
POLÍCIA
Homem compra moto do amigo e foge com veículo para Goiás sem pagar
POLÍTICA
Alvo de inquéritos, Weintraub é reeleito diretor-executivo do Banco Mundial
BR-262
Motorista de BMW perde controle, bate em poste e carro pega fogo
EDUCAÇÃO
Unidade 1 da UFGD terá nova entrada a partir de 3 de novembro

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização