Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CONSTRUÇÃO

Amarildo Melo é empossado presidente do Sinduscon

12 dezembro 2015 - 15h00

O empresário Amarildo Miranda Melo foi empossado, nesta sexta-feira (11/12), em solenidade realizada na sede do Sinduscon/MS (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, para presidir o Sindicato no triênio 2015-2018. Ao ser reconduzido ao cargo pelo terceiro mandato, ele destacou o cenário de crise pelo qual passa o segmento industrial e apontou a necessidade da criação de um ambiente de negócios para que haja reversão do quadro negativo.

“O panorama não é positivo, os números mostram que o cenário exige cuidado e é necessário criar um ambiente de negócios favorável para que possamos buscar a recuperação. E quando começarmos a crescer seja possível aproveitar o momento e prospectar melhores negócios”, declarou Amarildo Melo, após mencionar os números do segmento que já conta com 9.875 desempregados.

Por outro lado, ele reforçou que, apesar do momento de insegurança jurídica e instabilidade política, instituições como a Fiems investe na indústria da construção civil, referindo-se à Escola da Construção, que vai qualificar trabalhadores para atender o segmento. Para o presidente da Fiems, Sérgio Longen, que participou da cerimônia de posse, a construção civil tem grande destaque na economia do Estado e, por isso, merece uma atenção especial do Sistema Indústria.

“O segmento passa por dificuldades, assim como os demais, mas esperamos avançar nas discussões de grandes temas que possam trazer mudanças significativas para toda a sociedade”, disse Sérgio Longen, destacando a necessidade de reflexão sobre como enxugar os gastos públicos e contribuir para que sobre mais recursos para atender a população no que ela mais precisa, como educação, saúde e segurança. “O momento é de focar nas ações que possam resultar na cidade, no Estado e no País que a população espera. É preciso rever alguns conceitos e pensarmos em como podemos reduzir os custos dos poderes executivo e legislativo”, declarou.

O secretário estadual de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, que também é diretor-presidente da Agesul, completou que o Sinduscon/MS é a entidade que pode criar uma relação institucional com o Governo, levando as demandas para criar uma relação de diálogo. “Assim é possível atender o mercado. O Governo é parceiro e aberto para dialogar com o objetivo de desenvolver o segmento da construção”, disse.

Já o secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, reforçou que a construção civil tem um papel fundamental e que a Fiems dá um passo importante ao estruturar uma escola voltada ao segmento. “De outro lado as empresas de engenharia buscam modernização, pois, nesse momento de crise o conhecimento e a tecnologia aliados à qualificação fazem a diferença. Além disso, a importância de busca a relação institucional com o poder público, que quando acionado somam nas ações.
Hoje no Estado temos ambiente favorável a isso”, declarou.

O diretor da Planurb e diretor-presidente da Agência Municipal de Habitação, Dirceu Peters, também salientou a representatividade do segmento da construção civil e pontuou que 2016 será um ano de muito trabalho. “Esperamos contar com todos, pois vamos discutir o plano diretor da cidade e queremos a participação de todos”, disse. Para o vereador Edson Shimabukuro, 2016 será um ano de muita luta. “Tenho certeza que o Sinduscon, em parceria com a Fiems, está com os pés no chão. Com planejamento e muita realidade, as duas entidades vão fazer o dever de casa e nós temos que discutir realmente o que queremos do Brasil, sem vender sonhos, caminhar junto para que o Brasil volte a produzir”, declarou.

Confira abaixo a composição da nova diretoria:

Presidente – Amarildo Miranda Melo

1º vice-presidente - Alonso Resende do Nascimento


2º vice-presidente - Kleber Luiz Recalde

1º secretário – José Eduardo Maksoud Rahe

2º secretário – Vera Silvia Saad

1º tesoureiro – Carlos Tsutomu Fujinaka

2º tesoureiro – Antonio Carlos Sibellino de Barros

Membros suplentes

Carlos Clementino Moreira Filho

João Celso Mello Vieira

Luiz Adolar Camargo Kieling

Valter Fuji

Julio Alt Viveros

Orestes Jorge Corrêa

Édson Cláudio Fabian Holzmann

Conselho fiscal

Lincoln de Andrade Pizzato

Altamiro Rezende do Nascimento

Carlos Alberto Bueno de Oliveira

Membros suplentes

René Miguel Filho

Bernardino da Silva Nantes

Delegados

Alonso Resende do Nascimento

Kleber Luiz Recalde

Membros suplentes

José Eduardo Maksoud Rahe

João Celso Mello Vieira

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Processo seletivo para o mestrado do IFMS é retomado neste ano
Queda na arrecadação foi "resultado excelente", diz Guedes
ECONOMIA
Queda na arrecadação foi "resultado excelente", diz Guedes
Doses da Oxford recebidas nesta segunda serão destinadas a profissionais de saúde
IMUNIZAÇÃO
Doses da Oxford recebidas nesta segunda serão destinadas a profissionais de saúde
DECISÃO
Estudante que ficou três anos sem diploma será indenizada
Estado lança "vacinômetro" nesta semana
PANDEMIA
Estado lança "vacinômetro" nesta semana
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Maia defende CPI para investigar possíveis crimes de Pazuello na gestão da pandemia
BR-163
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados
BRASIL
Fiocruz esclarece negociação de doses prontas da vacina de Oxford
PANDEMIA 
Prorrogação do toque de recolher em MS passa a valer a partir desta segunda
SAÚDE
Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial