Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
PANDEMIA

Adesão média de isolamento social em MS foi de 40% durante o mês de maio

01 junho 2020 - 12h50Por Da redação

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e cientistas do mundo todo defendem o distanciamento social como principal medida para conter a propagação do novo coronavírus. Embora essa seja a melhor forma de prevenir o contágio, os medidores de isolamento social referente ao mês de maio para Mato Grosso do Sul, mostram adesão média de 40% para os 31 dias, quando o recomendado por autoridades de saúde é de 70%.  

Ao mesmo tempo que o Estado contabiliza mais de 1,5 mil casos confirmados e 20 óbitos provocados pela doença, o comportamento da população segue surpreendendo, e a nova “tendência” são as festas clandestinas que podem ser foco de contaminação da Covid-19. Os chamados assintomáticos são a grande preocupação de autoridades de saúde, pois a carga viral presente no organismo dessas pessoas, se compara a de pacientes com sintomas, indica estudo da Chinese Center for Disease Control and Prevention.

“Queremos chamar atenção e expressar nosso incomodo. Festas são favoráveis ao crescimento exponencial do vírus. Estamos fazendo esforço imenso para fazer do MS referência no combate a covid-19. Mas precisamos da participação de toda sociedade. Sem a participação coletiva, certamente ao final desta guerra nos podemos ter muitas vitimas”, alertou o secretário de saúde, Geraldo Resende.

As taxas de recolhimento mapeadas neste fim de semana no Estado foram de 35,8% na sexta-feira (29), 39,2% no sábado (30) e 46,2% no domingo (31). Com esses percentuais MS encerra o mês que teve seu melhor índice de isolamento registrado no sábado (2) pós feriado do trabalhador com 56,1%, e o pior na semana subsequente, numa terça-feira (5) com taxa de 29,8%.

Na sexta-feira (29), a Capital registrou distanciamento social de 35,1%, sendo esta a menor taxa para o mês de maio. No sábado (30) o índice foi de 38,5% e no domingo (31) de 45,6%. Nem mesmo o melhor percentual mapeado para o mês atingiu metade da população campo-grandense.

Boletim epidemiológico apresentado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta segunda-feira (1) mostra que a doença segue numa curva exponencial de crescimento. Nas últimas 24 horas, 79 exames testaram positivo para a Covid-19, e agora MS contabiliza 1.568 pacientes com o novo coronavírus. Detalhamento do boletim pode ser consultado no site www.coronavirus.ms.gov.br .

Deixe seu Comentário

Leia Também

ISOLAMENTO
Como manter a saúde mental e reduzir a ansiedade durante a pandemia
DOURADOS
Dois são presos por tráfico de drogas após denúncia sobre quitinete
PRIMEIRA-DAMA
Michelle Bolsonaro diz que testou negativo para covid-19
REGIÃO
Homem morre ao ter moto atingida por caminhonete na região do Barreirão
PREVENÇÃO
Aprenda como cuidar de sua máscara de tecido
PANDEMIA
Brasil registra 1.071 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas
LOTERIA
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões em sorteio nesta semana
CLIMA
Dourados deve ter domingo com temperatura máxima acima de 30 graus
TV DOURADOS NEWS
Partido Solidariedade em Dourados está pronto para as Eleições 2020
CRIME AMBIENTAL
Comerciante leva multa de R$ 37 mil por desmatamento em Bela Vista

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados