Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
ESTADO

Acidente na BR-267 causa morte no interior de MS

02 dezembro 2019 - 09h31Por Da redação

Grave acidente de trânsito registrado na manhã desta segunda-feira (2) no quilômetro 172 da rodovia BR-267 deixou uma pessoa morta.  A vítima fatal, identificada como Vladimir Moreira Filho, de 22 anos, conduzia um GM Vectra que colidiu contra caminhão entre o Distrito de Nova Casa Verde, no município de Nova Andradina, e Nova Alvorada do Sul.

Segundo o Nova News, o motorista que morreu seria da cidade de José Bonifácio, em São Paulo.

A publicação local informou também que o caminhão pegou fogo, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde do condutor ou sobre outras possíveis vítimas.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Nova Alvorada do Sul e de Nova Andradina, além da PRF (Polícia Rodoviária Federal), foram acionadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ALVORADA
Trabalhador morre atingido por barra de ferro no dia do aniversário
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil registra 698 mortes por Covid em 24 horas e total soma 171,4 mil
CAMPO GRANDE
Preso é flagrado com 100 porções de cocaína no Centro de Triagem
JUDICIÁRIO
STF autoriza remarcação da data de concursos por crença religiosa
CAPITAL
Depoimento de assassino contradiz versão de pai sobre morte de Everton
PRESIDENTE INVESTIGADO
Bolsonaro diz que não vai depor em inquérito sobre interferência na PF
JARDIM
Homem é multado por derrubar árvores e incendiar a madeira ilegalmente
SENTENÇA
Flagrado transportando 28t de maconha, homem "pega" oito anos e 7 meses de cadeia
EMPREGO
Comarca de Sidrolândia abre vagas para remoção de juiz leigo
Justiça manda prender ex-vereador envolvido em escândalo sexual

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ