Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
UNIGRAN

Acadêmicos da Faculdade de Ciências Agrárias participam da 4ª Agrotec

22 novembro 2019 - 06h35Por Da Redação

Foram aproximadamente dois meses para colocar todo o conteúdo teórico, em prática. A quarta edição da Agrotec, um dia de campo organizado pelos acadêmicos de Agronomia e de Tecnologia em Produção Agrícola da Unigran. O evento foi realizado na área de campo do Cantão do Bosque, bloco das engenharias da Instituição.

Na ocasião, os alunos de Agronomia apresentaram vários tipos de Rizotrons – um equipamento que possibilita a visualização do crescimento da raiz das plantas, de diversos cultivares, tanto no solo quanto em locais adversos, como aquários, por exemplo. 

A ideia do dia de campo é proporcionar aos acadêmicos de ambos os cursos, contato direto com o futuro profissional e envolveu várias disciplinas. A avaliação foi feita desde o início dos projetos, durante as pesquisas em sala de aula, desde o plantio, germinação e cultivo e crescimento das plantas, sendo assim, o desempenho de cada um dos estudantes foi ponderado pelos professores.

“Nós concluímos o semestre através da aplicabilidade de toda a parte teórica de sala de aula, no campo, em forma de exposição. É importante dizer que o evento sempre é aberto ao público, inclusive para visitação de escolas técnicas, ou seja, uma oportunidade mútua de aprendizado”, afirma o coordenador do curso de Agronomia da Unigran, Mateus Secretti. 

Cursando o 4º semestre de Tecnologia em Produção Agrícola, Luiz Guilherme Gaona, afirma que colocar o conhecimento adquirido em sala de aula é fundamental para o desenvolvimento do futuro profissional. 

“O dia de campo é muito importante não só para mim, mas para todos os acadêmicos. Colocar em prática todos os nossos experimentos, nós pesquisamos, nos preparamos para poder atender bem todos os clientes, mesmo que agora seja apenas uma atividade acadêmica, nós estamos nos preparando para o futuro”, pondera Gaona.

Cácia Tigre, coordenadora de Tecnologia em Produção Agrícola da Unigran, menciona que “o dia de campo é uma oportunidade valiosa para que os acadêmicos possam mostrar todo aprendizado adquirido ao longo dos estudos. Eles têm fundamento e conhecimento na produção de grandes culturas como soja, milho, algodão e tantos outros cultivares”.

A economia de Mato Grosso do Sul, principalmente da região sul do Estado é totalmente voltada para o agronegócio, por isso a preparação dos futuros engenheiros agrônomos e tecnólogos em Produção Agrícola, é fundamental. 

“Precisamos valorizar cada vez mais os profissionais das ciências agrárias, principalmente por estarmos em um Estado onde a economia gira totalmente em torno do agronegócio e é importante difundir conhecimentos, não apenas para aqueles que vivem do campo, mas também para toda a sociedade que indiretamente vive dessa base econômica”, finaliza Mateus Secretti. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa
Sobe para 41 o número de mortos em acidente no interior de São Paulo
UEMS
Thiago, de 21 anos, pesquisa as potencialidades da Guabiroba-verde

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ