Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ARTIGO

A morte não é o fim

29 junho 2020 - 06h11Por Wilson Aquino

O que sabemos sobre a vida após a morte? A pergunta tem sido feita pelo homem desde o começo da sua existência. E apesar de sempre existir aqueles que não acreditam que ela continua após a morte do corpo físico, as Escrituras Sagradas provam ao contrário: que o espírito é imortal e que o homem justo e honesto pode sim viver eternamente e em condições muito melhores que aqueles, iníquos, que praticaram o mal para com o próximo e perante Deus, Criador do Céu e da Terra.

A vida eterna é o maior dom de Deus dado ao homem. “A vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”, diz a Escritura em João (17:3). Observe que nela está explícito também o objetivo do homem neste plano: cada qual deve descobrir por si só que Deus é o Senhor de todas as coisas e Nosso Pai Celestial, aquele que enviou Seu Filho Unigênito para nos mostrar o Caminho, a Verdade e a Vida. A Luz da Salvação.

É como se a vida na Terra fosse um grande vestibular pelo qual todos devemos trabalhar pela aprovação, sem nos lembrar de quem realmente somos e de onde viemos, para que isso não interfira em nosso livre arbítrio de trilharmos ou não o caminho justo e honesto, louvando e enaltecendo o nome de Deus, ao menos no final da jornada.

As Escrituras Sagradas também nos revelam onde todos estávamos antes de virmos à Terra para nos aperfeiçoarmos. Apesar de muitas igrejas rejeitarem essa ideia de que existíamos antes de assumirmos um corpo de carne e ossos neste plano, elas provam ao contrário, como Ele mesmo diz: “Onde estavas tu, quando eu fundava a Terra? Faze-me saber, se tens entendimento. Quem lhe pôs as medidas, se tu o sabes?  Ou quem estendeu sobre ela o cordel?  Sobre o que estão fundadas as suas bases? Ou quem assentou a sua pedra de esquina? Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus Jubilavam? ”  (Jó 38:4-7).

Observe que o Senhor afirma categoricamente que “TODOS OS FILHOS” Dele jubilavam. Logo, eu e você, todos nós, aqueles que já se foram, que aqui estão e também aqueles que ainda virão, estávamos sim, lá, em algum lugar, no Céu, junto com Ele e Jesus Cristo.

Se todos aqui estamos para descobrirmos e aceitarmos o poder e glória de Deus e de Jesus Cristo, a questão é: para onde irão aqueles que não aceitaram essa verdade Divina, mas que levaram uma vida justa e honesta, sem maldades? E aqueles que cometeram crimes, bárbaros inclusive? É justo que fiquem no mesmo lugar? A resposta, com base nas Escrituras é: não! Pois o Senhor preparou lugares distintos a todos os seus filhos, de acordo com a vida que levaram na Terra. As Escrituras ensinam sobre três reinos de glória: Reino Celestial, Reino Terrestre e Reino Telestial. O que vai determinar para qual deles iremos será o tipo de vida que decidimos levar hoje.

No livro (sagrado) Doutrina e Convênios (de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias) a descrição de cada reino:

CELESTIAL – “Esses são os que receberam o testemunho de Jesus e creram em seu nome e foram batizados (...) que, guardando os mandamentos, [puderam ser] lavados e purificados de todos os seus pecados e [receberam] o Santo Espírito”. (DeC 76:51-53)

TERRESTRE – Para esse reino irão aqueles que rejeitaram o Evangelho na Terra, mas que o receberam depois no Mundo Espiritual. São as pessoas honradas, mas que foram cegadas para o Evangelho de Jesus Cristo pelas artimanhas dos homens. São também aqueles que receberam o Evangelho e um testemunho de Jesus, mas que depois não foram valentes. (DeC 76:73-79)

TELESTE – Esses não receberam o Evangelho nem o testemunho de Jesus Cristo na Terra nem no mundo Espiritual. São os mentirosos e feiticeiros e adúlteros e libertinos; e todo aquele que ama e inventa a mentira.

TREVAS EXTERIORES – São aqueles que ganharam testemunho de Jesus, por intermédio do Espírito Santo e conheceram o poder do Senhor, mas deixaram que Satanás se apoderasse deles. Negaram a verdade e desafiaram o Poder de Deus.

Ao tomarmos conhecimento desses mundos, e dos objetivos de estarmos aqui, todos temos o poder e a capacidade de darmos novos rumos às nossas vidas, procurando, a partir de agora, levarmos uma vida digna e honesta e nos aproximarmos mais de Deus. Ele é o único capaz de nos proporcionar, ainda nesta vida, a verdadeira felicidade individual e familiar, independentemente do tamanho e peso do fardo que carregamos.

*Jornalista e Professor

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Comerciante leva multa de R$ 37 mil por desmatamento em Bela Vista
BELEZA
Especialista revela o porque da procura por dentistas para realizar aplicações de botox
DIREITOS HUMANOS
Estatuto da Criança e do Adolescente ganhará versão em Libras
R$ 863 MIL
Prefeito da Capital anuncia compra de “kit prevenção” à Covid-19
ESPORTES
Sob forte chuva, Hamilton garante pole position no GP de Estíria
ESPORTES
Comitê Olímpico confirma Missão Europa na próxima sexta-feira
CORONAVÍRUS
Deputados podem votar projeto de indenização a profissionais de saúde na terça
PANDEMIA
Surto de Covid-19 nas Américas está longe de acabar, dizem cientistas
JUSTIÇA
Ronaldinho Gaúcho tem recurso negado e segue preso no Paraguai
PMA
Pescadores de São Paulo são autuados por crime ambiental em MS

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados