Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Chinês gasta mais de R$ 24 mil em funeral de seu cachorro

23 julho 2007 - 13h36

Um professor aposentado chinês de 80 anos gastou mais de US$ 13 mil (pouco mais de R$ 24 mil) no funeral de seu cachorro, informou nesta segunda-feira (23) o jornal "Xin Beijing".

O idoso, apelidado de Lin, vivia sozinho desde a morte de sua esposa, há cinco anos, até que há três meses um cachorro abandonado o seguiu até sua casa e se tornou sua "única família".

Lin assegurou que o animal lhe trouxe "a maior alegria de sua vida idosa", por isso, após sua morte, levou-o a um cemitério nos arredores de Chengdu (na província chinesa de Sichuan), com a intenção de organizar seu funeral.

Segundo um responsável pelo cemitério, no princípio houve uma certa reticência em organizar o evento, mas os responsáveis aceitaram realizar o funeral diante dos pedidos do idoso professor. "Ele nem pechinchou no preço", disseram.

O cachorro descansará em um local especial escolhido por Lin, onde também será plantada uma árvore.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso