Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Chile constrói megaporto para servir a rota bioceânica

27 janeiro 2004 - 11h40

Já está pronto o ambicioso projeto portuário do Chile que levou três anos para ser concluído e custou US$ 121 milhões. O Porto Arganios foi inaugurado no fim do ano passado pelo presidente chileno Ricardo Lagos, em Mijillones, região da Antofagasta, e representa o maior empreendimento do Pacífico Sul no setor, com capacidade para embarcar toda a produção do Mercosul destinada ao mercado asiático. O porto de Mejillones foi construído para servir a rota bioceânica, projeto defendido pelo governador Zeca do PT e encampado pelo governo federal e que representará economia de 7 mil quilômetros no transporte de bens do Brasil para os países da Ásia. A idéia surgiu há dez anos, quando então o governo do Chile se comprometeu a viabilizar a construção do terminal portuário para absorver a demanda de exportação dos países interessados. Também coube ao Chile asfaltar 460 quilômetros que separam Antofagasta de Paso Jama, na fronteira com a Argentina, projeto concluído no fim do ano passado. Para concluir a rota ligando costa a costa os Oceanos Pacífico e Atlântico, restam a ser pavimentados 257 quilômetros de rodovias no Paraguai, entre a Colônia Carmelo Peralta e a cidade de Filadélfia, além da construção de ponte sobre o rio Paraguai em Porto Murtinho. O governador Zeca do PT tratou desse assunto em reunião no dia 13 de janeiro com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Lessa, o diretor da Área de Comércio Externo da instituição, Luiz Eduardo Melin, e o ministro de Obras Públicas e Comunicação do Paraguai, José Alderete Rodrigues.Na reunião, o governo paraguaio formalizou pedido de financiamento para as obras, que agora está sendo analisado pela diretoria do banco já com o aval do presidente Carlos Lessa, defensor entusiasta da idéia. O governador Zeca do PT acredita que já no próximo ano esteja concluída a primeira rota bioceânica da América do Sul, abrindo um novo e mais curto caminho para o mercado asiático. Outra rota, passando pela Bolívia, também está em fase de negociações entre os governos dos dois países. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado
LIVE
Governo de MS amplia benefício a carentes e orienta sobre cuidados em casa
VIOLAÇÃO DE REGRAS
Facebook e Instagram apagam vídeo que mostra passeio de Bolsonaro
CARACOL
Homem tenta matar esposa e esfaqueia homem que a protegia
PROTESTO
Cidades brasileiras registram panelaço contra Bolsonaro pelo 14º dia seguido
REGIÃO
Judiciário de MS destina mais de R$ 570 mil no combate à COVID-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta