Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Chico Anysio come pela 1ª vez em 72 dias, diz mulher

09 fevereiro 2011 - 16h20

A mulher de Chico Anysio, Malga di Paula, informou pelo Twitter que o humorista comeu nesta quarta-feira.

"No CTI admirando meu marido sentado e respirando sozinho. A grande novidade do dia. Ele comeu creme de maçã. 1a comidinha em 72 dias. Vivaaaa."

Segundo boletim médico divulgado hoje, Chico continua tomando antibióticos e fazendo tratamento de fonoaudiologia para a glote.

O humorista de 79 anos está internado há mais de dois meses no hospital Samaritano, na zona sul do Rio.

Ele foi internado com falta de ar e, desde então, teve outros problemas no coração e no pulmão. Durante os tratamentos, Chico foi submetido a traqueostomia e estava sendo alimentado por sonda.

Malga di Paula tem atualizado os fãs sobre os progressos do marido. Na semana passada, ela informou, também pelo Twitter, que ele havia dito as primeiras palavras em dois meses de internação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASILÂNDIA
Jovem de 23 anos destrói recepção de hospital durante surto
BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados