Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Chefão da F-1 não crê que equipe de Bruno Senna vá entrar na pista

22 dezembro 2009 - 16h08

Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, acredita que duas das quatro novas equipes da Fórmula 1 não conseguirão correr na temporada 2010. Em entrevista ao jornal inglês "The Times", o dirigente, de 79 anos, disse desconfiar da Campos e da USF1. No entanto, ele disse esperar que 24 carros alinhem no grid da primeira corrida do próximo ano, no dia 14 de março, no Bahrein.

- Acho que as pessoas que esperávamos ser bem-sucedidas confirmarão o potencial, mas as que pensávamos, não - diz Ecclestone.

No entanto, no caso das hipotéticas desistências da USF1 e da Campos, o grid ficaria com apenas 22 carros. No entanto, a equipe sérvia Stefan GP deve comprar o projeto da Toyota para 2010 e testá-lo. O time espera estrear no próximo ano ou em 2011.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONSUMO
Dia dos Namorados deve movimentar quase R$ 11 milhões em Dourados
BRASIL
Bolsonaro sanciona parcialmente lei que cria a Nova Embratur
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h
MATO GROSSO DO SUL
Jogos da Melhor Idade, Paralimpíadas Escolares e coletivas dos Jogos Escolares são canceladas
LUTO
Ex-técnico da seleção feminina, Vadão morre vítima de câncer
CONTRABANDO
Carga com 35 Xiaomi's é apreendida na região Norte de MS
PANDEMIA
Incidência de casos de coronavírus em Dourados é quase o triplo da Capital
20H ÀS 5H
Novo toque de recolher só modifica horário e exceções são mantidas
DOURADOS
Sanesul executa desativação da antiga rede de água
SAÚDE
OMS interrompe ensaio clínico com cloroquina em pacientes com covid-19

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista