Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Chávez e Lula tratarão de incluir a Venezuela no Mercosul

10 setembro 2004 - 23h59

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tratará com seu colega venezuelano, Hugo Chávez, sobre a inclusão da Venezuela no Mercosul na reunião que celebrarão na próxima semana em Manaus, anunciou hoje, sexta-feira, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. "Desde o começo de seu governo, o presidente Chávez reiterou que a Venezuela quer fazer parte do Mercosul", lembrou o chanceler em um reunião com correspondentes estrangeiros em Brasília. A participação venezuelana nesse bloco, segundo Amorim, é um dos assuntos que os dois governantes deverão analisar na reunião que manterão na quarta-feira próxima em Manaus. Ele disse que "há outros temas bilaterais importantes", como uma série de projetos nos quais empresas brasileiras participam das áreas de exploração de jazidas de carvão até obras como a construção do Metrô de Caracas. Explicou que, embora "a integração da Venezuela ao Mercosul seja algo muito importante", ainda é necessário que esse país trate de solucionar divergências mínimas. Indicou que para fazer parte como membro associado do maior bloco comercial latino-americano, status com que Bolívia, Chile e Peru já contam, é necessário que Venezuela aceite um acordo de livre comércio com o Mercosul. Segundo Amorim, ainda existem algumas divergências mínimas, do ponto de vista comercial, entre Venezuela e Paraguai, que dificultaram além disso a assinatura do acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Comunidade Andina de Nações (CAN)."Paraguai é um país pequeno (economicamente). Espero que a Venezuela atue com generosidade para que nós possamos terminar com esses detalhes mínimos que, enquanto não estejam solucionados, não se poderá protocolizar o acordo CAN-Mercosul", afirmou. Amorim, chanceler do Brasil que desempenha a presidência Pro Tempore do Mercosul e é sócio pleno desse bloco, como Argentina, Paraguai e Uruguai, confia que o livre comércio entre o Mercosul e a CAN começará até o início de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS