Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Charlie Sheen é preso em suposto caso de violência doméstica

27 dezembro 2009 - 09h34

 

O ator americano Charlie Sheen passou boa parte do dia de Natal na cadeia, acusado de violência doméstica.
O astro de Platoon, Wall Street - Poder e Cobiça e Comando Imbatível foi preso na manhã de sexta-feira, quando a polícia foi investigar uma ligação para os serviços de emergência que alertava para uma briga doméstica em uma casa na estação de esqui de Aspen, no Estado americano de Colorado.
Uma ambulância foi ao local, mas ninguém foi levado para o hospital.
Segundo a polícia, o ator, acusado de agressão, foi libertado após pagar uma fiança de US$ 8,5 mil.
Sheen é casado com a corretora de imóveis Brooke Mueller desde 2008. Ela deu à luz um par de gêmeos em março passado.
Esta não foi a primeira vez em que o ator foi preso. Ele foi detido em 1996, acusado de agredir uma namorada em sua casa. Em 1998, foi hospitalizado ao sofrer uma overdose e internou-se em uma clínica para a recuperação de viciados em drogas. Pouco depois foi preso por dirigir embriagado e dopado, e teve que se tratar novamente na clínica.
Charlie Sheen é filho do ator Martin Sheen e irmão do diretor de cinema Emilio Estevez.
Charlie Sheen vinha atuando no seriado Two and a Half Men - muito popular nos Estados Unidos e que fez dele o ator mais bem pago da TV americana em 2008. Ele recebia um salário de US$ 825 mil por episódio. No Brasil, o seriado é exibido no Warner Channel

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Dois são presos após realização de festa em residência durante pandemia
JUDICIÁRIO
STF marca julgamento sobre Weintraub de inquérito das fake news
PIQUIRI
Adolescente some em pescaria e bombeiros fazem buscas em Rio
DOURADOS
Pesquisa da UFGD pretende auxiliar em novos planejamentos de teletrabalho
ACIDENTE
Homem morre após cair do telhado de casa enquanto fazia reparos
APOSENTADORIA
INSS: último balanço mostra 1,8 milhão de benefícios represados
POLÍCIA
Foragido há dois anos acusado de matar idoso estrangulado é preso
CONVERSA COM BIAL
'O presidente esqueceu de combinar comigo', diz Aras sobre nota de Bolsonaro
JUSTIÇA
TJ/MS manda Delegado acusado de furtar droga de volta para a prisão
GERAL
Cartórios de notas realizam serviços por videoconferência em todo país

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados