Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Charles discute desocupação com grupos indígenas

02 setembro 2005 - 15h42

O procurador federal Charles Estevam da Motta Pessoa, do MPF, permanece na região da Carmelândia no município de Douradina desde o final da manhã. As últimas informações, obtidas há pouco por intermédio de dirigentes rurais, é que o procurador está tentando convencer os grupos de índios sobre a necessidade desse entendimento.Os índios da comunidade caiuá-nhandewa ocupam duas fazendas desde segunda-feira. A maior área, de propriedade dos irmãos Spessatto, uma das que eles haviam invadido, foi desocupada na madrugada de terça-feira, durante confronto com produtores e seguranças particulares contratados pelo movimento ruralista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Defron prende três e apreende mais de 60 quilos de maconha 
POLÍCIA
Defron prende três e apreende mais de 60 quilos de maconha 
EDUCAÇÃO
Inscrições abertas para a I Semana de Internacionalização UEMS
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Suspeito de matar irmão com tiro de espingarda se apresenta à polícia
Homem é preso acusado de cultivar 'maconha gourmet' em contêiner
CAMPO GRANDE
Homem é preso acusado de cultivar 'maconha gourmet' em contêiner
Fila continua e 12 pessoas aguardam leitos de UTI Covid em Dourados
PANDEMIA
Fila continua e 12 pessoas aguardam leitos de UTI Covid em Dourados
ACIDENTE
Queda de jatinho no aeroporto da Pampulha mata piloto e fere dois
FRONTEIRA
Câmeras de segurança flagram atentado a casa de vereador; veja vídeo
CAMPO GRANDE
Polícia Civil apreende armas de fogo que seriam negociadas
BR-060
Homem é preso tentando levar quase 250kg de maconha até Goiás
SANGA PUITÃ
Após denúncias, PM apreende veículo com mais de 18 mil maços de cigarro

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro