sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Cesta básica individual teve alta de 2,59% em outubro

04 novembro 2004 - 13h44

Os preços dos 15 alimentos necessários para a sobrevivência de uma pessoa durante um mês tiveram, em outubro, uma alta de 2,59% em relação ao mês anterior. A cesta básica alimentar (individual) custou R$ 145,38 em outubro para o consumidor de Mato Grosso do Sul.A informação está no relatório da pesquisa da cesta básica divulgado nesta quinta-feira pela Seplanct (Secretaria de Estado de Planejamento e de Ciência e Tecnologia). A pesquisa da cesta básica é realizada mensalmente pela Seplanct em parceria com a Unaes - Faculdade Campo Grande.A variação acumulada nos últimos seis meses é de 0,67%, no ano é de 2,21% e nos últimos doze meses de 4,67%. Em outubro, sete dos 15 alimentos analisados pela pesquisa registraram alta em seus preços. Ficaram mais caros no mês passado: feijão (15,42%), alface (11,10%), laranja (10,98%), pão (5,31%), carne (3,63%), açúcar (1,94%) e leite (0,88%).Os preços dos outros oito itens pesquisados sofreram redução: batata (-10,40%), banana (-6,55%), sal (-3,85%), arroz (-3,58%), margarina (-2,74%), macarrão (-1,61%), óleo (-1,20%) e o tomate (-0,89%). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

IBC-Br: atividade econômica cresce 0,01% em abril

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo
TRÁFICO

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo

LEGISLATIVO DE MS

Proposta versa sobre inserção dos jovens no mercado de trabalho em MS

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio
IMUNIZAÇÃO

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS
POLÍCIA

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS

DOURADOS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara

BRASIL

Produção industrial recua em cinco dos 15 locais pesquisados em abril

TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada