Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Celulares GSM devem superar os CDMA já em dezembro

22 agosto 2004 - 21h31

Em junho, havia 16,1 milhões de terminais CDMA no Brasil, todos da Vivo, e 12,5 milhões de GSM somando os da Oi, da Tim e da Claro. Em dezembro, serão 22 milhões de GSM e 19 milhões de CDMA. Rio de Janeiro - O número de aparelhos celulares no Brasil com padrão de telefonia celular GSM, adotado por Oi, Tim e Claro, deve superar em dezembro deste ano os que tem o padrão CDMA, escolhido pela Vivo. A previsão foi feita por Mário Baumgarten, consultor geral da Siemens e vice-chairman do UMTS Forum e maior representante no Brasil da entidade, que representa empresas associadas ao padrão de telefonia móvel GSM. Em junho, havia 16,1 milhões de terminais CDMA no Brasil, todos da Vivo, e 12,5 milhões de GSM somando os da Oi, da Tim e da Claro. m dezembro, prevê Baumgarten, serão 22 milhões de aparelhos GSM e 19 milhões de CDMA. O padrão majoritário, pelos números de junho, ainda é o TDMA, com 24,9 milhões dos 53 milhões de celulares no País. As fabricantes de equipamento já decretaram, porém, que o TDMA, ainda muito usado pela Vivo, pela Claro e pela Tim, entre outras, não evoluirá mais. Por isso, Baumgarten não fez previsões para o TDMA."Nossas projeções indicam que, em dezembro de 2006, o GSM vai superar 50% da planta brasileira e, no final da década, será 70% do mercado", afirma Baumgarten. Caso as previsões se confirmem, a Vivo perderá participação no mercado. "A Vivo pode aumentar em números absolutos, mas vai perder participação no mercado porque escolheu o CDMA", diz Baumgarten. A análise dele é de que o CDMA é mais caro e, por isso, tem boa performance em países ricos, mas não seria adequado para "países como o nosso, onde o preço é absolutamente crucial e o grosso do mercado é para baixo". Ele aposta que o maior crescimento dos celulares daqui para a frente será para a baixa renda porque as classes alta e média já estão razoavelmente abastecidas. Para Baumgarten, por conta da baixa renda do País, o grande uso dos celulares ainda é mesmo a voz e continuará sendo. Baumgarten admite que os preços médios ao consumidor de aparelhos CDMA caíram mais que os de GSM desde o fim do ano passado, mas, argumenta que, mesmo assim, os aparelhos GSM sempre estiveram com a média de preços mais baixa que a do CDMA. Outro fator que favorece a ampliação do GSM é que, segundo números de julho, o conjunto de fabricantes de celulares no Brasil ofereceria ao consumidor 130 modelos de aparelhos GSM, praticamente o dobro dos 64 modelos de terminais CDMA produzidos. Também havia ainda 37 modelos no padrão TDMA.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
FUTEBOL
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo